Breves
Inicio | Política | Faro vai ter investimentos de 3,4 milhões de euros para melhorar espaço público em 2017

Faro vai ter investimentos de 3,4 milhões de euros para melhorar espaço público em 2017

A Câmara de Faro vai ter em 2017 um plano de investimentos de 3,4 milhões de euros, para melhorar o espaço público, reabilitar ruas e largos e remodelar parques infantis.

Com um orçamento com o valor global de 39,2 milhões de euros, valor muito aproximado ao do orçamento para este ano, a autarquia espera, em 2017, sair da situação de endividamento excessivo a que tem estado sujeita nos últimos dois anos, disse à Lusa o presidente da Câmara de Faro (PSD/CDS-PP/MPT/PPM/MIM).

“Com receita própria, hoje temos capacidade de investir, o que não foi possível até 2014 porque tínhamos dívida de trás para pagar”, referiu Rogério Bacalhau, observando que nestes anos já foram pagos dezenas de milhares de euros de dívida, ao mesmo tempo que se conseguiu reduzir a despesa corrente de 14 para 9 milhões de euros.

Entre as obras previstas para 2017, as mais avultadas são as empreitadas de reabilitação e repavimentação na cidade e em zonas suburbanas e rurais, num valor aproximado de 1,6 milhões de euros, a construção de habitação social, no valor de 750 mil euros, e diversos arranjos urbanísticos, no valor de 400 mil euros.

A restante verba será canalizada para a remodelação de instalações desportivas e recreativas, aquisição de viaturas para os bombeiros e escolas, aquisição de equipamentos para parques infantis, projetos de loteamento para habitação social e para uma obra de conservação do centenário Teatro Lethes.

Contudo, segundo Rogério Bacalhau, estas obras já poderiam ter sido realizadas no segundo semestre deste ano, se o Governo não tivesse inviabilizado um pedido de execução de investimentos de 3,4 milhões de euros, verba que resulta da incorporação do saldo de gerência de 2015, dando origem ao programa ‘Faro Requalifica 2’.

“Se tivéssemos realizado aquelas obras este ano, estaríamos nesta fase a discutir o que faríamos de novo no próximo ano. Há aqui um atraso no desenvolvimento do concelho no mínimo de seis meses”, lamentou Rogério Bacalhau.

Segundo o presidente da Câmara de Faro, as obras do ‘Faro Requalifica 2’ serão realizadas com a capacidade de investimento do orçamento de 2017 e o dinheiro que sobrou de 2016, porque não foi investido, “será incorporado depois no orçamento e isso irá permitir fazer novas obras”.

O orçamento municipal da capital algarvia para 2017 foi aprovado em Assembleia Municipal, por maioria, na passada quinta-feira, com dez votos favoráveis da Coligação Juntos por Faro (PSD/CDS-PP/MPT/PPM/MIM), 13 abstenções do PS e seis votos contra, da CDU e do BE.

Verifique também

Câmara de Loulé faz proposta para limitar urbanismo em zona central de Quarteira

O executivo camarário de Loulé vai propor, na reunião de hoje, a criação de uma …