Pub

O FIA GT1 é única competição mundial de automobilismo que o circuito algarvio recebe este ano e decorrerá em simultâneo com a ronda inaugural do campeonato Europeu de GT3, do Mini Challenge e do nacional de velocidade, com um total de 230 pilotos, de 130 equipas.

O administrador do AIA, Paulo Pinheiro, disse à agência Lusa que a prova “tem despertado grande entusiasmo”, apesar de não ter pilotos portugueses a participarem na categoria principal de GT1.

“Esperamos receber cerca de 35.000 pessoas, naquela que é considerada a segunda prova mais importante do automobilismo mundial, a seguir à Fórmula 1”, disse Paulo Pinheiro, adiantando que “já foram distribuídos cerca de 12.000 bilhetes pelos patrocinadores”.

O Mundial de GT1 é disputado por cinco construtores: Aston Martin, Corvette, Ford, Lamborghini e Nissan, cada um com duas equipas de dois carros.

A francesa Hexis AMR (Aston Martin) chega a Portugal como líder do Mundial de equipas, com 69 pontos, seguida da All-Inkl.com Munnich Motorsport (Lamborghini Murcielago), que soma 50, sendo a terceira posição ocupada pela Young Driver, a outra equipa da Aston Martin, com 47.

O Mundial de pilotos é liderado pela dupla alemã Marc Basseng/Marcus Winklehock (All-Inkl.com- Lamborghini), que obteve um pódio na corrida inaugural em Yas Marina (Emirados Árabes Unidos) e dominou na segunda ronda em Zolder (Alemanha), com duas vitórias nas duas corridas.

A dupla Clivio Piccione/Stef Dusseldorp (Hexis AMR-Aston Martin) ocupa o segundo posto, com 36 pontos, seguida de Christian Hohenadel /Andrea Piccini também da (Hexis AMR-Aston Martin), com 30, no terceiro lugar.

A Federação Internacional do Automóvel (FIA) decidiu alterar o regulamento do Mundial para esta temporada, para “aumentar a competitividade e melhorar o espetáculo”.

As equipas podem agora utilizar seis conjuntos de pneus para as duas corridas do fim de semana, em lugar dos anteriores quatro conjuntos, e na corrida de qualificação são pontuados os seis primeiros, em vez de apenas os três primeiros.

Os pontos atribuídos aos 10 primeiros da corrida do campeonato não sofrem alterações, com 25 pontos para o vencedor e um ponto para o 10.º classificado.

Composto por 10 grandes prémios, o Mundial de GT1 arrancou a 26 de março em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, e termina a 11 de Novembro, no circuito argentino de San Luis.

O fim de semana ficará marcado no Autódromo do Algarve pela estreia de Paulo Pinheiro, administrador do circuito, na jornada inaugural do Campeonato FIA GT3.

Paulo Pinheiro vai fazer dupla com o jornalista inglês da Revista Evo Roger Green, ao volante de um Mercedes SLS, da Sports & You.

“Vamos fazer o nosso melhor e tentar fugir aos últimos lugares”, disse Paulo Pinheiro, que se manifestou “entusiasmado e ansioso” com a nova experiência, depois da participação em 2010 na derradeira jornada do campeonato de Portugal de GT e Sport Protótipos.

“Ainda não houve qualquer contacto com o carro, mas iremos batermo-nos com pilotos de renome internacional, apesar de sermos uns meros ‘outsiders’”, observou Paulo Pinheiro.

Além das corridas de GT1 e GT3, o AIA será palco de corridas de Mini Challenge e do nacional de velocidade.

Os treinos livres iniciam-se na sexta-feira, pelas 09:00, decorrendo as qualificações e as corridas das várias categorias, a partir das 08:00 de sábado, e no domingo, a partir das 09:00.

Lusa
Pub