Pub

© Samuel Mendonça
© Samuel Mendonça

O centenário do jornal Folha do Domingo vai ser assinalado nos próximos dias 18 e 19 deste mês com um conjunto de iniciativas que terão lugar na Sé de Faro, promovidas em conjunto pela direção deste periódico e pelo Cabido daquela catedral.

Recorde-se que foi a 19 de julho de 1914, sob o impulso do então cónego Marcelino Maria Franco que mais tarde viria a ser bispo do Algarve, que nascia este órgão de comunicação da diocese algarvia.

Assim, no dia 18 deste mês, realizar-se-á pelas 21 horas nos claustros da Sé de Faro, uma conferência, intitulada “A Fundação da Folha do Domingo no contexto da Primeira República”, proferida pelo cónego e historiador Joaquim José Duarte Nunes, que foi também diretor deste órgão de comunicação social entre setembro de 1996 e fevereiro de 2000.

Após a conferência seguir-se-á a apresentação do novo sítio da Diocese do Algarve na Internet pelo Sector Diocesano das Comunicações Sociais.

Teresa Salgueiro
Teresa Salgueiro

A noite contará com a interpretação musical da cantora Teresa Salgueiro que apresentará alguns temas do CD “Cânticos da tarde e da manhã”. Os dois grandes tempos diários de oração da Igreja católica – Laudes, pela manhã e Vésperas, à tarde – iniciam-se com hinos, que no disco são denominados «cânticos». Trata-se de textos poéticos que a liturgia universaliza, enquanto que as melodias são assinadas por reputados compositores de música sacra.

Após a interpretação da ex-vocalista do grupo Madredeus, agora numa carreira a solo, a noite será concluída com um cocktail.

No dia 19 de julho, o bispo do Algarve presidirá pelas 9.30h à eucaristia da dedicação da catedral de Faro, comemorativa do centenário do jornal Folha do Domingo.

Pub