Pub

GrifosA GNR anunciou ontem que o seu Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) capturou dois grifos, um em Aljezur e outro em Lagos, que foram entregues ao Centro de Investigação e Recuperação de Animais Selvagens de Olhão (RIAS).

Estas aves de grande porte, parecidas com os abutres, são frequentemente encontradas nesta época do ano no Algarve, onde passam na sua rota migratória para África, devido a problemas físicos ou desorientação.

A GNR adiantou que um dos grifos foi encontrado ontem, junto à marina de Lagos, depois de ter sido “avistado dentro de água por um pescador que o retirou e aguardou a chegada da Guarda Nacional Republicana”.

A ave “não apresentava qualquer tipo de lesão” e foi “entregue no RIAS para ser devidamente alimentada e libertada com vista a continuar a sua rota na migração para o norte de África”, disse o comando de Faro da GNR através de um comunicado.

A outra ave tinha sido capturada na sexta-feira por militares do Posto Territorial da Guarda Nacional Republicana de Aljezur, depois de terem sido “alertados por um condutor para o facto de nas proximidades da Estrada Nacional n.º 120, entre Lagos e Aljezur, se encontrar uma ave de grande dimensões aparentando estar debilitada”.

Os militares recolheram a ave, que tinha uma asa partida e entregaram-na no Centro de Investigação e Recuperação de Animais Selvagens de Olhão, apresentando uma asa partida”, referiu ainda o Comando de Faro da GNR.

Pub