Pub

A candidatura do antigo presidente da Região de Turismo do Algarve foi anunciada oficialmente numa mensagem de vídeo divulgada no sítio oficial do candidato na Internet.

Hélder Martins afirmou, na mensagem, que pensa ser possível “gerar um movimento positivo de dinâmica social” em tempos de dificuldades provocadas pela crise económica que o país atravessa.

“A união é fundamental e a principal razão pela qual decidi abraçar este enorme desafio foi a convicção de que é possível gerar um movimento positivo de dinâmica social que ajude a esbater as dificuldades e a gerar novos projetos e novas ações”, disse Hélder Martins, presidente da concelhia do PSD em Loulé.

O candidato considerou que Seruca Emídio e os seus executivos municipais proporcionaram a Loulé “uma época de crescimento” e assegurou tomar a decisão de concorrer à autarquia “com a consciência das dificuldades que o país atravessa, mas com a convicção de que se pode criar uma importante página da história do concelho”.

O desemprego é um dos problemas para o qual Hélder Martins apontou como prioridade, considerando que “saber acolher bons investimentos no concelho” vai ser “fundamental para travar o drama social que assola os jovens, mas também as pessoas de meia-idade”.

O candidato do PSD às eleições autárquicas deste ano defendeu que “agora é o momento de investir nas pessoas, ajudando os que realmente precisam e criando mecanismos de recuperação social”.

“A competitividade territorial é fulcral. Temos que ser dinâmicos e ter uma atitude liderante. O município de Loulé é líder e tem condições ímpares para reforçar a sua influência no plano regional e no plano nacional”, afirmou.

A candidatura vai ser apresentada publicamente a 22 de fevereiro, numa cerimónia marcada para o Pavilhão da Associação Empresarial da Região do Algarve e que tem a presença anunciada de Marcelo Rebelo de Sousa, antigo presidente do PSD.

Pub