Pub

ir_cristina_silvaA irmã Cristina Silva fará no próximo sábado, 15 de outubro, a sua profissão perpétua na congregação das Carmelitas Missionárias, na celebração da eucaristia presidida pelas 16h, pelo bispo do Algarve, D. Manuel Quintas, na igreja matriz de Lagoa.

Aquela religiosa algarvia, de 37 anos e natural precisamente de Lagoa, iniciou em outubro de 2005 o período de postulantado em Madrid (Espanha) naquele instituto religioso e realizou a sua primeira profissão religiosa a 22 de maio de 2010.

Cristina Silva licenciou-se em Matemática na Universidade do Algarve em 2002 e foi professora de Educação Moral e Religiosa Católica durante três anos em Lagoa e Estômbar e de Matemática durante um ano em Estômbar antes de tomar a decisão de seguir a vida consagrada. Durante alguns anos fez parte também da equipa do Movimento dos Convívios Fraternos no Algarve.

Há vários anos que trabalha em Granada (Espanha) num colégio da sua congregação que acolhe mais de 800 alunos e está presentemente a terminar a licenciatura em Teologia.

Em entrevista ao Folha do Domingo, a irmã Cristina conta ter sido o testemunho de uma carmelita descalça que lhe despertou o interesse pela vida consagrada.

Na sexta-feira, 14 de outubro, véspera da sua profissão perpétua, será realizada uma vigília de oração, pelas 21h, na igreja matriz de Lagoa.

Pub