Inicio | Igreja | Irmã Linda Vieira confirmou querer consagrar-se a Deus

Irmã Linda Vieira confirmou querer consagrar-se a Deus

Foto © Samuel Mendonça
Foto © Samuel Mendonça

Perante a pergunta «Queres oferecer-te a Deus?» – decalcada da que Nossa Senhora fez em Fátima aos pastorinhos e que a própria irmã Linda Vieira adotou para seu lema de consagração –, a resposta da religiosa algarvia, de joelhos no chão e olhar fixo no Santíssimo Sacramento, foi perentória.

“Sim, quero oferecer-me a Ti com toda a minha vida, consciente de que és Tu a certeza absoluta da fidelidade, de que me vais levantar quando eu cair, de que me vais voltar a chamar quando eu não quiser continuar a caminhar”, afirmou a consagrada na vigília de oração que no passado sábado teve lugar na igreja de Ferreiras, a sua paróquia de origem.

Foto © Samuel Mendonça

“Obrigada porque conseguiste seduzir o meu coração”, agradeceu a Deus a irmã Linda Vieira, natural de Albufeira, que no próximo sábado fará a sua profissão perpétua na congregação das Filhas de Filhas de Maria Auxiliadora (salesianas).

Foto © Samuel Mendonça

A religiosa agradeceu “a vida” e “a vocação”. Em oração deu ainda graças pela sua família e pelas suas “raízes africanas”, pelo testemunho e “firmeza” dos seus pais, professores, catequistas, padres e párocos, pela sua paróquia onde pôde crescer e pela Comunidade Emanuel onde se tornou “cristã com verdade, com racionalidade e com maturidade”.

Foto © Samuel Mendonça

Agradeceu igualmente por “cada irmã e cada salesiano” que foi encontrando na sua caminhada, bem como pelo “desejo de felicidade e de santidade” que Deus colocou no seu coração, pelo “olhar atento” que a ajudou a reconhecê-l’O nas “pequeninas coisas” e pediu-Lhe que toque também “o coração daqueles que querem viver, mas que resistem”, os que “têm medo de se oferecer” a Ele.

Foto © Samuel Mendonça

Deu ainda graças por todas as pessoas que, com ela, rezaram pela sua consagração definitiva a Deus e pelas “caraterísticas humanas” que a ajudam aproximar-se dos outros, as mesmas que na tarde daquele dia a terão ajudado a relacionar-se com cerca de 40 crianças, adolescentes e jovens do 4º ao 10º ano de catequese da paróquia de Ferreiras no encontro que ali teve lugar sobre o tema da vocação.

Foto © Samuel Mendonça

Na vigília, o padre Pedro Manuel, pároco local, que presidiu à celebração, lembrou que a irmã Linda Vieira “foi chamada pelo próprio nome, mas não se contentou em ser chamada”. “Percebeu que o chamamento esperava uma resposta e entregou a sua vida”, complementou o sacerdote, dirigindo-se diretamente à consagrada. “Que quem passe por ti se sinta transformado, não por ti, mas por Aquele a quem entregaste a tua vida toda”, desafiou na vigília que contou também com a presença da superiora provincial das salesianas, a irmã Rosa Cândida, e da irmã Alzira Sousa, que acompanharam a irmã Linda Vieira.

Foto © Samuel Mendonça

“Aquilo que precisa de distinguir uma religiosa não são as suas qualidades humanas. Também são, mas é, sobretudo, a presença que ela é de Jesus Cristo. Se for presença de Jesus Cristo – e é isso que nós desejamos que tu sejas – então aí perceberemos na plenitude a beleza da consagração”, prosseguiu, lembrando que “a vida do consagrado renova-se diariamente porque a cruz é sempre sinónimo de esperança”.

Foto © Samuel Mendonça

A consagração perpétua da irmã Linda Vieira, que o padre Pedro Manuel, evidenciou ser um momento “especialíssimo para a vida da Igreja”, concretamente a vida da Igreja diocesana algarvia e da paróquia de Ferreiras, ocorrerá no próximo sábado, 7 de outubro, na celebração da eucaristia presidida, pelas 15h30, pelo bispo do Algarve na igreja daquela comunidade paroquial.

Foto © Samuel Mendonça

Verifique também

Igreja do Algarve vai dar formação básica a novos catequistas

O Sector da Catequese da Infância e Adolescência da Diocese do Algarve promove a partir …

Deixe uma resposta