Pub

Isilda Gomes foi escolhida pelos membros da comissão política concelhia do PS com 38 votos a favor, dois brancos e um contra, tornando-se, assim, na provável sucessora de Manuel da Luz, atual presidente da Câmara de Portimão, como candidata do partido à Câmara de Portimão.

Manuel da Luz está impedido de concorrer às próximas eleições autárquicas, devido à lei de limitação de mandatos, mas a candidatura de Isilda Gomes terá ainda de ser submetida à aprovação da Federação do PS do Algarve e da comissão política nacional do partido.

"Recorde-se que a militante do Partido Socialista foi a única que formalizou a sua candidatura, tendo recolhido, nessa fase, o apoio bastante alargado de militantes e de autarcas do PS de Portimão", referiu o partido, em comunicado.

O PS frisou que a escolha de Isilda Gomes para concorrer à Câmara de Portimão "foi feita no quadro do calendário definido pela comissão política nacional do PS para a escolha dos candidatos às autarquias locais".

O PS de Portimão referiu, ainda, que quer "continuar a merecer a confiança da esmagadora maioria dos cidadãos eleitores do concelho de Portimão", onde o partido sempre liderou o executivo camarário desde que há eleições democráticas.

"É objetivo do PS conquistar a maioria absoluta na Câmara Municipal, a maioria absoluta na Assembleia Municipal e todas as Juntas e Assembleias de Freguesia do concelho", sublinhou a estrutura local socialista.

Isilda Gomes foi a última governadora civil de Faro, cargo para o qual foi nomeada depois de ter sido delegada regional do Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) de Faro.

Lusa
Pub