Pub

“Tentar mais do que o sexto lugar? Acho que é irrealista. O clube esteve muitos anos na II Liga e deve pensar primeiro em consolidar-se neste campeonato”, disse o jogador dos algarvios, à margem da antevisão do duelo algarvio de sexta feira com o Portimonense, que marca o arranque da quinta jornada da prova.

João Gonçalves salientou que “há outras equipas que lutam pela Europa com maior poderio” do que o emblema orientado por Daúto Faquirá.

O Olhanense teve um bom arranque de campeonato, seguindo no sétimo lugar da Liga, com seis pontos, sendo a melhor defesa da prova, com apenas um golo sofrido.

“A época está a correr bem. Esperamos continuar concentrados para manter o nível exibicional e chegar o mais rápido possível à manutenção”, frisou João Gonçalves.

Na sexta feira, a equipa de Olhão defronta o vizinho Portimonense, no primeiro confronto entre clubes algarvios na I Divisão desde 1989, quando se defrontaram Farense e Portimonense (0-0).

O lateral direito emprestado pelo Sporting, a cumprir a terceira época em Olhão, espera “um jogo bem conseguido, com muito público e, no final, com triunfo do Olhanense”.

Também o extremo Paulo Sérgio, que já passou pelo Portimonense, em 2007/08, abordou o primeiro duelo de sempre entre estas equipas algarvias na Liga.

“É um jogo normal, apesar da rivalidade existente. Esperamos um jogo complicado, pois o Portimonense surge bastante moralizado, após uma vitória caseira, dificuldades para as quais estamos precavidos”, disse.

Paulo Sérgio fez um apelo aos adeptos: “Precisamos do seu apoio, com casa cheia, e vamos dar boa resposta. Em casa, não podemos perder, temos de ir em busca dos três pontos.”

O trajeto na Liga não surpreende o extremo: “Temos um excelente plantel. Temos feito jogos muito bons e esperamos continuar com a mesma atitude”, sustentou.

O Olhanense, sétimo classificado com seis pontos, recebe o Portimonense, 12.º com quatro pontos, em jogo marcado para sexta feira, no Estádio José Arcanjo, às 20:15.

Lusa

Pub