Pub

O Setor da Pastoral Juvenil da Diocese do Algarve está a convocar os jovens algarvios para integrarem o contingente português que irá a Roma no dia 5 de abril de 2020 (Domingo de Ramos) receber os símbolos da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) que virão preparar o encontro com o papa em Lisboa em 2022.

O Setor Diocesano da Pastoral Juvenil está a pedir aos interessados em integrar a peregrinação de 3 a 6 de abril do próximo ano, promovida pelo Comité Organizador Local (COL) em colaboração com os Comités Organizadores Diocesanos da JMJ, que formalizem a sua inscrição online até ao próximo dia 5 de janeiro.

O programa da peregrinação para acolhimento dos símbolos da JMJ – a cruz e o ícone mariano “Salus Populi Romani” – prevê um encontro na igreja de Santo António dos Portugueses e uma peregrinação por outras três igrejas de Roma, no sábado, o encontro com o papa Francisco para a receção dos símbolos da JMJ, no domingo, e o regresso a Portugal na segunda-feira, dia 6 de abril.

A cruz e o ícone de Nossa Senhora “Salus Populi Romani” vão permanecer em Lisboa durante a Semana Santa do próximo ano, iniciando depois uma peregrinação por dioceses de fora de Portugal, regressando em novembro para percorrer todas as dioceses portuguesas até junho de 2022. No Algarve vão estar em janeiro de 2021.

Cruz e ícone da Jornada Mundial da Juventude vêm ao Algarve em janeiro de 2021

A cruz, entregue pelo papa João Paulo II, fundador das JMJ, aos jovens do mundo a 22 de abril de 1984, um ano antes das primeiras jornadas, esteve no Algarve, acompanhada do ícone, a 17 de outubro de 2003, no âmbito da preparação da JMJ de Colónia (2005), na Alemanha, e no dia 13 de agosto de 2010, na preparação da JMJ de Madrid (2011), em Espanha.

A próxima Jornada Mundial da Juventude vai decorrer em Portugal, no verão de 2022, e tem por tema “Maria levantou-se e partiu apressadamente”.

com Ecclesia

Pub