Breves
Inicio | Igreja | Jovens católicos algarvios viveram a Jornada Diocesana da Juventude em Castro Marim

Jovens católicos algarvios viveram a Jornada Diocesana da Juventude em Castro Marim

 

No contexto da 34ª Jornada Mundial da Juventude (JMJ) que a Igreja Católica celebrou ontem, cerca de 180 adolescentes e 190 jovens católicos algarvios participaram na véspera, com o seu bispo, na Pré-Jornada e na Jornada Diocesana da Juventude (JDJ), promovida em Castro Marim pelo Sector da Pastoral Juvenil da Diocese do Algarve.

Este ano, a iniciativa, subordinada ao tema “Eis aqui a Serva do Senhor; faça-se em mim segundo a Tua palavra” (Lc 1,38), teve início logo na sexta-feira ao final da tarde, com a chegada ao castelo de Castro Marim para a acreditação, a montagem do acampamento e o jantar.

Jornada_diocesana_juventude_2019-19
Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

Seguidamente, a abertura da JDJ teve lugar no palco do castelo com as boas-vindas do pároco local aos adolescentes, jovens e aos cerca de 35 animadores que os acompanharam. “Que o Senhor nos faça seus servos para partir ao encontro dos irmãos”, desejou o padre Adelino Ferreira.

Também o presidente da Junta de Freguesia desejou que as jornadas fossem “produtivas para todos”. “Vocês são o garante da fé e do Espírito do Senhor”, acrescentou Vítor Esteves.

Jornada_diocesana_juventude_2019-18
Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

A presidente da comissão administrativa da Câmara Municipal, que apoiou a realização do encontro, lembrou que aquele espaço é “palco de um grande evento, os ‘Dias Medievais’”. “Mas este não é menos importante porque vocês são o nosso futuro e estas jornadas têm que ser mais especiais na vossa caminhada”, afirmou Filomena Sintra, que agradeceu a escolha de Castro Marim.

O assistente do Sector Diocesano da Pastoral Juvenil (SDPJ), que organizou a Jornada e a Pré-Jornada em colaboração com a paróquia local e com o Agrupamento 1370 de Vila Real de Santo António do Corpo Nacional de Escutas, destacou o objetivo da iniciativa. “Estamos nas jornadas para nos encontrarmos com a pessoa de Jesus Cristo, esse sim, o grande motivador destes encontros”, afirmou o padre Nelson Rodrigues, lembrando a união daquele evento com toda a Igreja. “Nós até somos poucos, mas estamos em comunhão com todos os jovens do mundo inteiro que, à volta do Domingo de Ramos, se reúnem nas suas dioceses com os seus bispos. Por isso, apesar de chamarmos a este encontro Jornada Diocesana da Juventude, no fundo é uma jornada mundial porque ocorre em todo o mundo nesta altura”, afirmou.

Nesse sentido, o sacerdote lembrou a recente Jornada Mundial da Juventude (JMJ), realizada em janeiro último com o papa Francisco. “Estamos obviamente ainda a beber um pouco daquilo que pudemos beneficiar no Panamá. Estivemos lá e trouxemos as graças, certamente para distribuir agora a todos os jovens e adolescentes da nossa diocese. Estamos na expectativa de aprendermos, mais uma vez, com Maria este «Eis-me aqui; faça-se em mim segundo a tua palavra». Que estes dois dias sirvam para dizermos a Deus e só a Deus «Eis-me aqui para fazer a tua vontade»”, frisou.

Jornada_diocesana_juventude_2019-45
Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

Após terem cantado o hino da última JMJ, adolescentes e jovens separaram-se para participarem respetivamente na Pré-Jornada e na Jornada. Os primeiros dirigiram-se para a Casa do Sal, onde assistiram a parte do filme ‘As Crónicas de Nárnia’ e participaram na vigília de oração que se seguiu, orientada pelas paróquias da Fuseta e de Moncarapacho. Os segundos seguiram até ao revelim de Santo António, para a sua vigília de oração. Orientada pelo assistente do SDPJ em colaboração com a paróquia de Quarteira e o Movimento dos Convívios Fraternos, a celebração teve início com a entronização do andor com Nossa Senhora de Fátima ao som da música vencedora do XII Festival Diocesano Jovem da Canção.

Jornada_diocesana_juventude_2019-27
Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

Durante a vigília, que decorreu em ambiente de recolhimento, o padre Nelson Rodrigues deixou um desafio. “Devemos abandonar esta vida pagã de pecado, que tantas vezes levamos, para dar espaço a este Jesus que quer fazer história connosco”, pediu o sacerdote. Em ambas as vigílias, realizadas com adoração ao Santíssimo Sacramento, os adolescentes e jovens puderam receber o sacramento da reconciliação (confissão).

A noite de sexta-feira terminou com uma ceia conjunta nas arcadas da igreja matriz.

No sábado, o dia teve início com a oração da manhã conjunta no Largo 1º de Maio, junto àquela igreja. A JDJ prosseguiu com a realização de oito ateliês formativos na escola básica do 2º e 3º ciclo. Agrupados em quatro grupos (três para os jovens e um para os animadores), cada grupo era composto por dois ateliês formativos diferentes, mas relacionados entre si. Os participantes inscritos em cada um dos grupos, assistiram no primeiro turno a uma das formações e no segundo turno a outra. O grupo destinado aos animadores teve como formador de um dos ateliês, dedicado ao Sínodo dos Bispos sobre os jovens, Tomás Virtuoso, um dos três jovens portugueses que participou na reunião pré-sinodal com o papa. A outra formação sobre a missão do animador foi feita pelo padre Nelson Rodrigues.

As restantes formações realizaram-se sobre diversas realidades relacionadas com os jovens cristãos: a família, com o casal Marco e Cláudia Vieira da paróquia das Ferreiras; a dimensão universitária, com Miguel Louza Viana, ligado ao projeto ‘Missão País’; a política, com Francisco Lobo Xavier, também ligado àquele projeto e ao Movimento Apostólico de Schoenstatt; a música, com Carlos Martins, da paróquia da Conceição de Faro; as vocações de especial consagração, com a irmã Linda Vieira e os seminaristas Adriano Batista e Bruno Valente; e as Jornadas Mundiais da Juventude, com Elsa Santiago Gaio, da paróquia das Ferreiras, e Elsa Brito, da paróquia de Paderne.

Enquanto isso, os participantes da Pré-Jornada realizaram um jogo de pistas pela vila, organizado pelo agrupamento de escuteiros.

Jornada_diocesana_juventude_2019-83
Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

No final da manhã, adolescentes e jovens foram ainda convidados a contactar porta a porta a população local para entrega de uma dezena previamente construída por eles, juntamente com uma mensagem.

Jornada_diocesana_juventude_2019-98
Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

Depois do almoço, seguiu-se a celebração eucarística no revelim, presidida pelo bispo do Algarve, D. Manuel Quintas, com que terminou a Pré-Jornada e a Jornada.

Verifique também

Bispo do Algarve preside à festa do Sagrado Coração de Jesus na maior comunidade portuguesa católica de Paris

O bispo do Algarve vai presidir este mês à solenidade do Sagrado Coração de Jesus …