Pub

Num documento enviado à Agência Lusa, Nuno Marques sustenta que, "apesar de não existirem incompatibilidades legais" no desempenho simultâneo de ambas as funções, "esta é a decisão que melhor salvaguarda o princípio da imparcialidade" no desempenho do cargo agora empossado.

"É a opção que, nestas circunstâncias, por certo, melhor se harmoniza com o interesse público", sublinhou.

Segundo Nuno Marques, a suspensão do mandato de vereador ocorrerá a partir do dia 01 de abril, "caso seja deliberado favoravelmente" pelo executivo municipal na próxima reunião.

Eleito pelas listas do PSD, Nuno Marques ocupa o cargo de vereador na Câmara de Lagos há 10 anos, tendo assumido a vice-presidência da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) do Algarve no dia 20 de fevereiro.

O autarca adiantou que o cargo deverá passar a ser ocupado pela terceira candidata da lista do PSD às autárquicas de 2009, Virgínia Silva, de 53 anos, educadora de infância.

O PSD tem dois vereadores no executivo, liderado pelo PS.

Lusa

Pub