Inicio | DA | Lar Residencial da NECI foi inaugurado

Lar Residencial da NECI foi inaugurado

Inauguração Lar NECIO Lar Residencial da NECI – Núcleo Especializado para o Cidadão Incluso, na freguesia da Luz de Lagos, foi inaugurado no passado dia 2 de maio, numa cerimónia que contou com a celebração de bênção do novo edifício presidida pelo bispo do Algarve, D. Manuel Quintas.

A NECI é uma instituição particular de solidariedade social na área da deficiência sediada na Praia da Luz, concelho de Lagos, cuja zona de intervenção abrange também os concelhos de Portimão, Aljezur e de Vila do Bispo. Além de várias valências tem como principais respostas sociais o Centro de Atividades Ocupacionais (CAO) e Intervenção Precoce.

Esta instituição do concelho de Lagos lutava há 12 anos por um lar residencial e a inauguração agora ocorrida configura um sonho tornado realidade para a alegria de muitos utentes, familiares e entidades empenhadas na inclusão do cidadão com deficiência.

Após o descerramento da placa oficial da inauguração, decorreu a bênção das novas instalações e, para assinalar aquele acontecimento assistiu-se à largada de balões pelos utentes da NECI.

Inauguração Lar NECIA presidente da direção da instituição agradeceu todo o apoio e acompanhamento dado pela autarquia – uma vez que o terreno foi cedido pela mesma, bem como o pagamento do projeto –, e lembrou que “o sonho do Lar Residencial já vem de há doze anos, mas só há cerca de dois é que começou a tomar realmente forma”.

Eduarda Santos reforçou a importância daquele equipamento “imperativamente necessário para tranquilizar a angústia e sofrimento dos pais que envelhecem e desejam partir descansados, deixando assegurado um lar para os seus filhos”, mostrando-se confiante no facto da abertura do lar poder ocorrer até ao final deste ano.

Aquela responsável acrescentou que “o próximo passo é ter uma unidade de turismo acessível”, tendo em conta a procura por parte de casais com filhos com necessidades especiais que precisam de espaços onde possam passar férias com eles e onde lhes seja possível proporcionar atividades adequadas.

A diretora do Centro Distrital de Faro do Instituto de Segurança Social, Ofélia Ramos, lembrou que “de momento não existe disponibilidade financeira por parte do Centro Distrital para celebrar os Acordos de Cooperação que possam tornar possível o funcionamento efetivo deste equipamento”, prometendo fazer “todos os possíveis para que este compromisso possa ser honrado o mais breve possível”.

O lar corresponde a um edifício de um piso, distribuído por dois núcleos opostos, separados por um corpo central, implantado no lote de 5 mil metros quadrados, cedido pela Câmara de Lagos. O equipamento tem como objetivo acolher 24 utentes e destina-se a alojar jovens e/ou adultos com qualquer tipo ou grau de deficiência, com idade igual ou superior a 16 anos, impedidos temporária ou definitivamente de residir no seu meio familiar. É constituído por dois núcleos com capacidades parciais de 12 utentes e pelos respetivos apoios enquadrados na estrutura orgânica do mesmo, o corpo central.

O valor global da obra foi de 1 milhão e 138 mil euros, sendo que 928 mil 371 euros corresponderam à empreitada de construção, 42 mil euros ao equipamento móvel e 168 mil euros às infraestruturas exteriores. O projeto foi financiado pelo PIDDAC em 648 mil 960 euros (empreitada de construção), pela Câmara de Vila do Bispo em 65 mil116 euros (empreitada de construção e equipamento móvel), pela Câmara de Aljezur em 108 mil 526 (empreitada de construção e equipamento móvel) e pela Câmara de Lagos 315 mil 803 euros (empreitada de construção, equipamento móvel e infraestruturas exteriores).

Verifique também

Insólito: Solo “engole” carro em Olhão devido ao rebentamento de uma conduta

O rebentamento de uma conduta na via pública, em Olhão, provocou hoje a queda de …