Pub

O PS/Algarve realiza hoje um jantar para assinalar o início do novo ano político, em Faro, onde irá, entre outros temas, abordar o rumo da campanha para as eleições presidenciais, assim como a regionalização e as portagens na Via do Infante.

No discurso que irá proferir e a que a Lusa teve acesso, Miguel Freitas defenderá Manuel Alegre como o único candidato que “não foge às questões incómodas”e capaz de derrotar o atual Presidente da República.

“Temos de eleger outro Presidente da República e Manuel Alegre será, certamente, o candidato da estabilidade, aquele que tem valores democráticos mais arreigados e que não esconde com o que não concorda”.

A necessidade de uma capacidade de resposta aos compromissos internacionais e a libertação da pressão dos mercados financeiros constituem, para Miguel Freitas, os principais desafios que se colocam ao País.

“O PS tem mandato para uma legislatura e não será por nós que haverá uma crise política”, realça, acrescentando que o partido tudo fará para manter um apoio social “às difíceis medidas que têm de se implementar”.

Para o também deputado socialista, este é o ano para o PS e o Governo darem “provas de eficácia” e de “resistência” perante “uma direita cujo único objetivo é chegar ao poder” e uma esquerda “que protesta apenas para capitalizar dificuldades”.

Folha do Domingo/Lusa
Pub