Pub

Em 25 de junho último, a LPFP emitiu um comunicado em que incluia o Olhanense num lote de equipas que não tinham cumprido com todos os requisitos necessários, tendo ficado impedida de registar ou renovar contratos.

No comunicado hoje emitido, a Liga dá a conhecer que, "face à apresentação de certidão emitida pelo respetivo serviço de Finanças de Olhão relativa ao Sporting Clube Olhanens, cessa a medida de impedimento de registar contratos de trabalho desportivo ou de formação, bem como utilizar jogadores com contratos registados em épocas anteriores".

Na quarta-feira, a Liga já tinha anunciado que também os clubes Vitória de Setúbal (Liga), Leixões e Trofense (Liga de Honra) tinham também visto cessar as medidas de impedimento, o mesmo não sucedendo com o Varzim, que horas antes já tinha anunciado que não iria conseguir apresentar a certidão em falta devido a uma dívida a rondar os 600 mil euros.

Para o lugar do Varzim, que desceu da Liga de Honra à segunda divisão, a Liga convidou o Portimonense, que tinha descido na temporada passada.

Lusa

Pub