Pub

À semelhança do inaugurado há um ano, em Quarteira, este é um local acreditado pelo Programa Nacional de Marcha e Corrida onde os munícipes podem realizar a sua atividade física com o acompanhamento de um técnico especializado. O papel dos técnicos do Centro consiste em intervir ao nível do planeamento do treino e condições básicas de monitorização de alguns indicadores de saúde e de condição física.
De acordo com nota de imprensa «o objetivo deste centro é promover e incentivar a prática regular da marcha e corrida, combater o sedentarismo, promover hábitos de vida saudáveis e a prática de uma atividade acessível a todos (obesos, cardíacos, hipertensos, asmáticos, etc.) e para todas as idades.
O Centro Municipal de Marcha e Corrida de Loulé contempla três percursos, dois citadinos (um com 7670m e outro com 5000m) e um rural (com 5250m), que se podem realizar com acompanhamento técnico quartas e sextas-feiras, das 18h30 às 20h30, e com avaliações, às terças-feiras, das 9h00 às 11h00. O ponto de encontro do técnico para as marchas acompanhadas será sempre no Parque Municipal, junto à receção do minigolfe.
Segundo o vereador do Desporto da autarquia louletana, Joaquim Guerreiro, «este Centro enquadra-se na estratégia desportiva do Município, que assenta na gestão e cedência de instalações desportivas, no apoio às associações e clubes, bem como a formação, nomeadamente, através do apoio ao desporto escolar. Há aqui uma dinâmica muito própria dentro do Concelho de Loulé», frisou este responsável.
O «Desporto para Todos», isto é, para a franja da população que não integra os clubes ou as organizações mas que voluntariamente pratica desporto, «tem sido outra das preocupações da autarquia», acrescentou Joaquim Guerreiro. E é neste âmbito que se insere este Centro de Marcha e Corrida.
Relativamente ao Centro de Marcha e Corrida de Quarteira, o vereador considerou tratar-se «de uma experiência muito positiva, com grande sucesso, com uma média de meia centena de praticantes regulares».
Já o diretor regional do Instituto Português do Desporto e Juventude, Luís Romão, referiu que Loulé é o único município algarvio com dois Centros de Marcha e Corrida», sendo que entre os 16 municípios, apenas 2 (Aljezur e Castro Marim) não têm uma estrutura destas. No total, são cerca de 500 os praticantes.
O Programa Nacional de Marcha e Corrida é uma iniciativa conjunta do Instituto Português do Desporto e Juventude, Federação Portuguesa de Atletismo e Faculdade de Desporto da Universidade do Porto e que visa a promoção da prática da marcha e corrida, com uma forte preocupação de promover hábitos saudáveis de vida, com o adequado enquadramento técnico. Este programa é destinado a toda a população, desde aqueles que possuem muita experiência de treino até aqueles que nunca realizaram qualquer tipo de atividade desportiva. A grande diferença centra-se nos objetivos de treino.

Lúcia Costa

Pub