Pub

O ex-Presidente da República considerou igualmente que, se Nicolas Sarkozy ganhar as eleições presidenciais francesas do próximo domingo, “é uma desgraça para a França e para Portugal também”.

Mário Soares, que falava aos jornalistas à margem da apresentação do seu último livro que teve lugar ontem à noite na Biblioteca Municipal de Faro, disse estar a acompanhar “a par e passo” a campanha para as presidenciais de França.

O antigo Chefe de Estado congratulou-se ainda com o acordo de unanimidade alcançado no passado sábado pelos países lusófonos, membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), que condena o golpe militar realizado na Guiné-Bissau. “Estou de acordo com a atitude que tomaram”, afirmou Mário Soares.

Samuel Mendonça
Pub