Pub

Num pelotão que ainda não se encontra fechado em definitivo, a organização já recebeu o boletim de inscrição de três equipas do WorldTour – Omega Pharma-QuickStep (Bélgica), RadioShack (Estados Unidos) e Blanco Pro Cycling (Holanda) – e da russa Katusha, segunda do “ranking” mundial de 2012 e que ainda procura ver-lhe reconhecido o direito a figurar na primeira divisão em 2013.

Entre os corredores pré-inscritos para a prova, que vai estar nas estradas algarvias de 14 a 17 de fevereiro, encontram-se o britânico Mark Cavendish, campeão mundial em 2011 e um dos melhores “sprinters” da história da modalidade, o alemão Tony Martin, bicampeão mundial de contrarrelógio e vencedor da Volta ao Algarve em 2011, e o campeão francês na luta contra o cronómetro, Sylvain Chavanel.

A RadioShack, que deverá ter no português Tiago Machado o chefe de fila, vai trazer a Portugal o alemão Andreas Klöden, segundo classificado da Volta a França em 2004 e 2006, enquanto a Katusha vai apostar no russo Denis Menchov, vencedor da Volta a Itália em 2009 e da Volta a Espanha em 2005 e em 2007.

A Blanco Pro Cycling, equipa que sucede à histórica Rabobank, aposta na juventude na “Algarvia”, tendo pré-inscrito um dos principais nomes da nova geração de corredores holandeses especialistas em grandes voltas, Steven Kruijswijk, e o “sprinter” Theo Bos, antigo campeão de pista que se converteu em corredor de estrada, tendo conseguido a primeira vitória sobre o asfalto em terras algarvias, na Prova de Abertura de 2009.

Também a Vacansoleil (Holanda) já anunciou no seu sítio na Internet a composição da equipa para a principal prova velocipédica que decorre em território português, com os destaques a serem o campeão holandês de contrarrelógio e vencedor da Volta à Dinamarca em 2012, Lieuwe Westra, o terceiro classificado da Volta a Itália em 2012, o belga Thomas de Gendt, e o holandês Johnny Hoogerland, terceiro homem da equipa entre o “top-100” mundial.

“A edição da prova para 2013 sofreu algumas alterações face aos anos anteriores, mas estão finalmente reunidas as condições para que o Algarve volte a ter um grande espetáculo desportivo que muito enriquece a região”, disse em comunicado o diretor da Volta ao Algarve.

Para Rogério Teixeira, a entrega da organização da prova a uma empresa privada vai traduzir-se “num ‘upgrade’”.

“Queremos manter o que de bom sempre fizemos e melhorar a prova onde existe espaço para o fazer. Nas próximas semanas vamos divulgar mais detalhes sobre a Volta ao Algarve, bem como a confirmação de alguns nomes fortes”, concluiu.

Nas estradas portuguesas também estará a equipa Sky, dos britânicos Bradley Wiggins e Chris Froome, primeiro e segundo do Tour2012. No entanto, a formação britânica, que venceu a edição de 2012 com Richie Porte, ainda não revelou qual serão os ciclistas que estarão no Algarve.

Lusa

Pub