Pub

A Capelania da Universidade do Algarve (UAlg) dirigiu uma mensagem de abertura do ano académico a toda a comunidade universitária e, particularmente de boas-vindas aos novos alunos, na qual desafia os estudantes serem “instrumento de esperança”.

“Numa hora bem delicada em que o homem precisa de acordar para os laços da unidade, como necessária condição para a geral sobrevivência, emergem no horizonte os mais jovens como poderoso instrumento de esperança”, refere o documento assinado pelo capelão.

Evidenciando o surgimento de um “minúsculo, invisível e poderoso vírus”, “adversário comum”, que diz ter origem em “espaços que são soberba expressão da moderna tecnologia” e “expressão superior de irreverência na poluição da Natureza”, o cónego César Chantre considera que impor-se um “grande desafio para a mudança em várias frentes: na espiritualidade, na cultura, na pedagogia”. “Um desafio em que o grande motor é a Universidade: mas o papel decisivo nesta mudança cabe à juventude”, acrescenta.

“A uma relação de orgulho e de arrogância oporemos uma postura de moderação e humilde serenidade. A uma sociedade em correria oporemos a paragem para a admiração do belo. A uma sociedade por demais ruidosa oporemos o silêncio e a escuta e a meditação. A uma sociedade depredadora da natureza havemos de afirmamo-nos como decididos guardiões da vida e oporemos a contemplação da harmonia na diversidade da criação”, exorta.

O capelão, que cita a recente encíclica do Papa, Fratelli Tutti, destaca que o documento desafia a “um grande compromisso”: “Sabermos assumir a mudança para a defesa da nossa casa comum”, resume, garantindo que a Capelania “também quer ser parceira neste caminhar ao interior” de cada um, “na aventura de mudança que só vai resultar se vier de dentro”.

“Contemplar e cuidar: eis duas atitudes que mostram o caminho para corrigirmos e reequilibrarmos, como seres humanos, a nossa relação com a criação. Seremos, pois, os guardiões da casa comum, os guardiões da vida e os guardiões da esperança”, acrescenta na mensagem, na qual apela ainda aos alunos mais velhos “que sejam fortes numa solidariedade que assente no sentir e no agir fraternos” em relação aos que agora chegaram à academia.

A Capelania da UAlg promove no próximo dia 28 deste mês, na igreja matriz de São Pedro, em Faro, a missa de abertura do ano académico com participação presencial limitada e transmissão online na página do Facebook do jornal Folha do Domingo. A celebração, presidida pelas 21h pelo capelão, incluirá a bênção do traje dos estudantes. 

Missa com bênção do traje marca abertura do ano académico da Universidade do Algarve

Pub