Pub

De acordo com Ana Passos, líder do projeto, esta é uma candidatura "centrada na igualdade, respeitando a diversidade e promovendo a união de forças, assim como a participação ativa de homens e mulheres, de modo a adequar o DFMS a uma visão de atualidade, modernidade e progresso".

Do Manifesto que serve de base à candidatura, destacam-se as propostas para uma liderança partilhada pela distribuição de pelouros aos vários membros do secretariado, a promoção de ações de formação na área da capacitação e ideologia política e a criação de um Conselho Consultivo aberto à participação de simpatizantes do Partido Socialista.

Segundo Ana Passos, este projeto já conta com o apoio de várias mulheres com uma vasta experiência em cargos de liderança política no Algarve.

Pub