Pub

Portugal demonstrou maior capacidade física e técnica do que a formação das Ilhas Faroé, estreante na prova, e chegou ao expressivo resultado com um “bis” de Sofia Vieira e um “hat-trick” de Edite Fernandes.

Sofia Vieira abriu o caminho à vitória portuguesa, com um remate forte e colocado de fora da área, aos cinco minutos, tendo aumentando a vantagem aos 18, após assistência de Edite Fernandes.

O melhor futebol da turma portuguesa voltou a dar “frutos”, tendo Edite Fernandes, primeiro com um toque de calcanhar e depois com um “chapéu” à guarda-redes adversária, fixado o 4-0 com que se atingiu o intervalo.

No segundo tempo, Portugal manteve o domínio sobre o “frágil” adversário, mas apenas conseguiu marcar mais uma vez, apesar de ter construído várias ocasiões para ampliar a vantagem.

O quinto golo português surgiu logo no primeiro minuto da segunda parte, apontado de novo por Edite Fernandes, após assistência de Carla Couto.

A selecionadora nacional, Mónica Jorge, manifestou-se satisfeita com a estreia de Portugal na prova, mas alertou para a fragilidade da equipa adversária.

“É sempre bom entrar a ganhar, mas a vitória foi conseguida diante de uma equipa nitidamente mais fraca técnica e taticamente”, disse a selecionadora.

Desta forma, a técnica lusa aproveitou para “rodar algumas jogadoras menos utilizadas”.

Mónica Jorge reconheceu ainda que no próximo encontro, frente à Roménia, Portugal sentirá “certamente mais dificuldades”, já que se trata de “uma equipa que pressiona muito, com jogadoras muito lutadoras”.

Para a selecionadora, o objetivo da seleção passa “por tentar fazer mais e melhor”, espreitando o sétimo lugar do torneio, o melhor que Portugal pode alcançar por imperativo dos regulamentos da prova.

O próximo confronto da seleção nacional é com a Roménia, encontro agendado para sexta feira, pelas 14:00, no complexo desportivo da Bela Vista, no Parchal (Lagoa-Algarve).

Jogo no Complexo Desportivo da Bela Vista, no Parchal (Lagoa-Algarve).
Portugal – Ilhas Faroé, 5-0.
Ao intervalo: 4-0.
Marcadoras:
1-0, Sofia Vieira, 05 minutos.
2-0, Sofia Vieira, 18.
3-0, Edite Fernandes, 41.
4-0, Edite Fernandes, 44.
5-0, Edite Fernandes, 46.

Equipas:
– Portugal: Neide Simões, Carole Costa, Kimberly Brandão (Bruna Morais, 51), Sílvia Rebelo, Sónia Matias, Dolores Silva (Ariana Ruela, 73), Cláudia Neto (Paula Cristina, 51), Sofia Vieira (Mónica Gonçalves, 51), Ana Cristina Leite, Carla Couto (Noémia Figueiredo, 86) e Edite Fernandes (Donya Oliveira, 79).
(Suplentes: Jamila Marreiros, Ariana Ruela, Paula Cristina, Mónica Gonçalves, Donya Oliveira, Bruna Morais, Ana Valinho, Ana Borges e Noémia Figueiredo).
– Ilhas Faroé: Randi Wardum, Liljan Petersen, Friördún Danielsen, Sólva Joensen (Anna Sofia Sevdal, 69), Rosa Madnussen, Malen Josephsen, Rannva Andreasen (Kirstinbjorg Frederiksberg, 77), Olga Hansen, Heidi Sevdal, Mona Breckmann (Steintora Joensen, 71) e Sigrid Jacobsen (Paula Mikkelsen, 70).
(Suplentes: Bjarta Johansen, Kirstinbjorg Frederiksberg, Evi Mikkelsen, Monika Samuelson, Steintora Joensen, Paula Mikkelsen e Anna Sofia Sevdal).

Árbitro: Efthalia Mitsi (Grécia).
Acção disciplinar: Nada a registar
Assistência: Cerca de 800 espetadores.

Lusa

Pub