Pub

“Fui contactado há mais de uma semana pelo presidente e diretor desportivo do Benfica no sentido de não fechar com ninguém sem ouvir a última palavra do Benfica, mas, por questões de agenda pessoal, só foi possível reunir quarta feira”, disse o dirigente, em conferência de imprensa realizada em Olhão.

Isidoro Sousa sublinhou que “não houve maldade em coisíssima nenhuma”, referindo que o jogador não defrontou o Benfica para evitar eventuais apreciações negativas sobre o seu comportamento em campo.

“O Jardel podia ter jogado mas entendemos que não devia jogar. Corria-se o risco de o jogador ter uma infelicidade num lance qualquer e depois questionava-se que o jogador teria tido um deslize e teria facilitado por já ser do Benfica. Penso que foi uma medida acertada”, acrescentou.

O negócio rendeu aos algarvios, para já, 75 mil euros: “Só teríamos direito a 20 por cento caso o negócio fosse acima de um milhão de euros, mas, apesar de termos sondado o mercado estrangeiro, as ofertas foram sempre inferiores a um milhão”.

Isidoro Sousa disse que, “por insistência” dos algarvios, ficou garantido um valor de 10 por cento de um teto máximo de dois milhões de euros, caso a venda se faça por mais de um milhão de euros.

“Esta cláusula não estava prevista e foi garantida com muita insistência nossa. Se ele for vendido por três milhões de euros ou mais, podemos garantir no futuro mais 200 mil euros”, sublinhou o líder do clube de Olhão, recordando que, em conjunto com a venda de Vinicius ao Sporting de Braga, o clube já lucrou 275 mil euros.

“Foi a época em que fizemos mais dinheiro em vendas e os sócios devem perceber que o clube só cresce com a venda de ativos”, sustentou.

Sobre o propalado interesse do Sporting no extremo Paulo Sérgio, o dirigente garantiu que até agora não foi “oficialmente contactado” pelo clube de Lisboa, esperando a resposta do jogador, cujo contrato termina no final da época, à proposta de renovação por mais duas temporadas.

Isidoro Sousa revelou ainda que já tem “um acordo verbal com um médio de valia”, que chegará segunda-feira: “Já passou por Portugal e está agora no estrangeiro. Acabou o campeonato do seu país e virá por empréstimo”.

Lusa

Pub