Pub

Os núcleos da Liga Intensificadora da Ação Missionária (LIAM) na Diocese do Algarve receberam, de 18 a 26 do mês passado, mais uma visita da equipa da animação missionária daquele movimento laical ligado aos Missionários do Espírito Santo (espiritanos).

Em nota enviada a Folha do Domingo, os responsáveis da LIAM explicam que a visita foi enquadrada nas comemorações do centenário das aparições de Fátima, dos 150 anos da presença dos Missionários do Espírito Santo em Portugal e dos 80 anos de fundação da LIAM. “Estes motivos foram mais que suficientes para motivarmos os vários grupos a um maior compromisso missionário com a igreja local e com a missão ad gentes”, explica a equipa da animação missionária da LIAM.

Os padres Nuno Rodrigues e Paulinus Anyabuoke destacam ainda que os grupos estão a fazer o “esforço de se renovarem e de crescerem”. “Percebemos que há um forte empenho de renovar os núcleos da LIAM e espalhar o espírito missionário por mais zonas e lugares do Algarve. O facto de quase todos os grupos terem mais de 20 elementos cada um, é uma prova evidente desse esforço ao longo destes últimos quatro anos”, sustentam, acrescentando terem sido lançados “alguns desafios” para o corrente ano. “O primeiro, é sem dúvida, atrair pessoas mais jovens para se poder passar este testemunho à geração mais nova. Um outro é mudar algumas direções que já manifestam um peso e muitos anos à frente do grupo. E por fim, lançar o desafio de cada grupo existente tentar fundar um outro grupo nas redondezas”, enumeram, sublinhando que o padre Nuno Rodrigues regressará ao Algarve em setembro para ajudar a concretizar esses objetivos.

Os missionários espiritanos destacam ainda que “todos os párocos que se manifestam abertos e em sintonia” com o movimento e, ao mesmo tempo, “disponíveis para esta renovação da LIAM”.

A próxima atividade da LIAM no Algarve será já no domingo, 7 de maio, com a celebração em Loulé dos 80 anos do movimento.

Pub