Breves
Inicio | Desporto | Obras na ponte do Guadiana suspendem prova desportiva que liga Portugal a Espanha

Obras na ponte do Guadiana suspendem prova desportiva que liga Portugal a Espanha

A organização das X Milhas do Guadiana vai voltar a suspender a prova de atletismo que liga Espanha e Portugal desde 1992, devido às obras na Ponte internacional do Guadiana, anunciou a Câmara de Vila Real de Santo António.

Esta será o segundo ano consecutivo em que as obras da ponte – que faz a ligação rodoviária entre Portugal e Espanha a sul – vão impedir a realização da prova que liga as localidades da fronteira luso-espanhola entre o Algarve e a Andaluzia – Ayamonte, em Espanha, e Castro Marim e Vila Real de Santo António, na margem portuguesa do rio.

O anúncio da suspensão da prova foi feito pela comissão organizadora do evento em comunicado divulgado na quarta-feira pela autarquia, no qual se justifica a decisão com um “parecer desfavorável” da Infraestruturas de Portugal [IP], responsável pelas obras em curso no tabuleiro da ponte.

A IP alegou que “os trabalhos de manutenção” em curso consistem na “substituição integral dos tirantes da ponte” e “são incompatíveis com a realização da corrida e com a garantia da segurança de pessoas e bens”, referiu a comissão organizadora, frisando que o trânsito apenas se faz com recurso a uma faixa por sentido, em vez das habituais duas para cada lado.

Citada pela organização, a IP argumentou que todos estes trabalhos “introduzem grandes constrangimentos na circulação rodoviária”, pelo que não será possível “viabilizar o referido evento” desportivo.

Os organizadores da prova garantiram ter feito “tudo o que esteve ao seu alcance” para assegurar a realização do evento, mas sublinharam que a segurança de bens e pessoas está “no topo das prioridades” e sobrepõe-se aos “valores do desporto”.

As X Milhas do Guadiana são organizadas pelas Câmaras de Vila Real de Santo António, Castro Marim e Alcoutim, pelo Grupo Desportivo Pic-Nic, que tem sede em Vila Real de Santo António, pelo Clube de Atletismo de Ayamonte e o Patronato Municipal de Desportos da localidade espanhola da província de Huelva.

A prova realizou-se ininterruptamente desde 1992, ano seguinte à inauguração da ponte, até 2017, ano em que os Governos português e espanhol anunciaram as obras de reabilitação do tabuleiro e tirantes, estimando a sua conclusão para novembro de 2018.

A Câmara de Castro Marim pediu, a 04 de outubro, a suspensão de portagens na Via do Infante (A22) enquanto não terminavam as obras da Ponte Internacional sobre o rio Guadiana, cujo calendário foi revisto pela IP em abril passado, adiando a conclusão das obras para o final de 2020.

A Infraestruturas de Portugal justificou esta recalendarização nos trabalhos com problemas registados com um empreiteiro e danos detetados nos tirantes, que obrigaram a alargar as obras e a manter os condicionamentos no trânsito na ponte por mais cerca de dois anos.

Verifique também

Portugal goleia no Algarve a Lituânia e fica a um triunfo do apuramento para o Euro2020

A seleção portuguesa de futebol goleou hoje a Lituânia por 6-0, no seu penúltimo encontro …