Pub

"Temos de respeitar o Pampilhosa, uma equipa da III Divisão Nacional, porque esse será o caminho mais fácil para conseguir ultrapassar este adversário e seguir em frente. Mas, certamente, somos favoritos", disse Daúto Faquirá, na antevisão da partida, a disputar em Pampilhosa.

O técnico dos algarvios, que admitiu que a Taça de Portugal é uma competição "sui generis", disse que a equipa "vai procurar, e conseguir, de certeza, passar a eliminatória", até porque o objetivo na prova passa por "ir o mais longe possível".

O empate caseiro com o Estoril (0-0) provocou, na quarta-feira, a eliminação dos algarvios da Taça da Liga: "Era uma obrigação ganhar, mas falhámos. Não há como contornar a questão. Foi uma falha coletiva, assumida pelo treinador e pela equipa técnica".

O treinador do Olhanense reforçou, porém, que a Taça de Portugal "não vai substituir a Taça da Liga".

"São competições completamente distintas, mas vamos procurar uma alegria para nós", concluiu.

Para o confronto com o Pampilhosa, Daúto Faquirá tem nove baixas, somando cinco jogadores lesionados aos quatro elementos ao serviço das respetivas seleções nacionais.

Lusa

Pub