Pub

“O Sporting é sempre o Sporting. É uma grande equipa, com jogadores de ‘top’ e capazes de fazer a diferença em qualquer altura e em qualquer sítio”, afirmou o atleta emprestado pelos “leões” aos algarvios, na antevisão da receção de sábado ao clube lisboeta, na 20.ª ronda da Liga de futebol.

João Gonçalves recordou o seu percurso no Sporting e o facto de ter muitos “amigos” do outro lado, como Daniel Carriço, Rui Patrício e Adrien, considerando “estranha” a sensação de defrontar pela primeira vez o seu clube de formação.

“Vai ser estranho. Estive 10 anos no Sporting e agora vou jogar contra o clube pela primeira vez. Só no sábado, quando estiver em campo, é que vou perceber o que estou a sentir”, disse o atleta, que falhou o encontro da primeira volta devido a lesão.

Questionado sobre a possibilidade de regressar aos “leões”, João Gonçalves afirmou: “É um sonho regressar, mas só as pessoas competentes é que poderão responder a essa questão”.

O defesa lembrou que o Olhanense, 13.º classificado, com 18 pontos, “está motivado e com muita confiança” para conseguir obter um bom resultado no jogo de sábado, tentando manter a atual boa forma.

Nos últimos sete jogos, o emblema “rubronegro” só registou uma derrota, em Leiria, a que se juntam duas vitórias e quatro empates: “Estamos mais consistentes e maduros e continuamos a jogar bom futebol”, comentou João Gonçalves.

O treino de terça feira, realizado em Vila Real de Santo António, para poupar o relvado do Estádio José Arcanjo, já contou com as presenças de Zequinha, Greg e Ricardo Ferreira, que na semana passada tinham sido suspensos pelo clube.

De acordo com um comunicado divulgado no sítio do emblema algarvio, “embora continuem com processo disciplinar a decorrer”, os atletas viram levantada a suspensão a que tinham sido sujeitos por “condutas menos próprias”.

Lusa

Pub