Pub

“É uma decisão do Benfica e dos seus dirigentes. Acredito que vai imperar o bom senso e que os dirigentes do Benfica serão inteligentes para perceber o que é melhor para a instituição e para o futebol português”, disse Isidoro Sousa à Agência Lusa.

O líder do Olhanense acredita que a situação será ultrapassada. “É uma medida de força, mas é preciso arrefecer os ânimos, que estão a ‘quente’. Creio que a situação será apaziguada e que tudo será ultrapassado, sem ninguém sair prejudicado”, comentou.

No caso específico do clube algarvio, Isidoro Sousa refere que “ainda é muito cedo para perceber o que pode acontecer”, pois a receção dos algarvios aos campeões nacionais ocorre na 28ª e antepenúltima jornada.

De qualquer forma, a decisão dos órgãos sociais do campeão nacional “preocupa”, pois a receita do jogo com o Benfica é “importante”.

O jogo Olhanense-Benfica da época passada contou com 8206 adeptos, a maior assistência da temporada no Estádio José Arcanjo, e a receita foi “ligeiramente superior aos 100 mil euros”, recordou Isidoro Sousa à Lusa.

Lusa

Pub