Pub

Olhao_centroA Câmara de Olhão anunciou na sexta-feira a aprovação de uma Área de Reabilitação Urbana para a zona histórica da cidade, que trará benefícios fiscais a quem quiser investir na recuperação de imóveis.

Em comunicado, a autarquia refere que a delimitação da nova área foi aprovada por unanimidade, na reunião de câmara da passada quarta-feira, proposta que carece agora de aprovação na Assembleia Municipal.

Segundo a Câmara de Olhão, pretende-se que esse espaço de reabilitação, correspondente à zona designada no Plano Diretor Municipal (PDM) como Espaço Urbano Histórico, seja gerido diretamente pelo município, sem recurso a acordos de parcerias com entidades privadas,

O presidente da autarquia, António Pina (PS), argumenta que a regeneração das atividades económicas na zona histórica e o desenvolvimento do turismo na cidade aumentaram a necessidade de reabilitar o património edificado, melhorando as condições de habitabilidade.

Nos últimos anos, a criação de novos negócios ligados à hotelaria e restauração dinamizaram a cidade de Olhão e promoveram emprego, ao mesmo tempo que se tem assistido à reabilitação de edifícios, nomeadamente, por parte de estrangeiros que se fixaram na cidade.

Com esta medida, a autarquia pretende atrair para a área novos investimentos e mais residentes, de uma forma ordenada, sem que a zona perca a sua identidade e as caraterísticas que a distinguem de outras parcelas do território.

Recentemente, a Câmara de Olhão realizou algumas intervenções na zona histórica da cidade, colocando estátuas relacionadas com as lendas da cidade e criando uma espécie de rota que une vários largos da cidade conhecidos por fazerem parte de histórias tradicionais.

Pub