Breves
Inicio | Política | Parlamento louva Universidade do Algarve pelos 40 anos de existência

Parlamento louva Universidade do Algarve pelos 40 anos de existência

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

A Assembleia da República aprovou ontem dois votos de louvor apresentados por PSD e por PS, BE, PCP e PEV à Universidade do Algarve pelo 40.º aniversário daquela instituição.

O voto apresentado pelo PSD – que contou com os votos favoráveis do partido proponente, do CDS-PP, PEV, PCP, BE, PAN e o voto contra do PS – lembra que esta é “a única instituição do ensino superior criada pela Assembleia da República”, um “processo turbulento, contra as intenções do Governo à época”.

“Foi uma árdua batalha que a Assembleia da República teve a honra de liderar, satisfazendo a mais imperiosa necessidade da região”, salienta o PSD, notando que, “nestes 40 anos, a instituição tornou-se uma referência, formou muitas dezenas de milhar de estudantes, e assume agora novos desafios, como a internacionalização que tem sido bem sucedida na última década”.

Os deputados sociais-democratas afirmaram que “a Universidade do Algarve deve considerar-se a maior conquista da região – a qual lhe abriu novos horizontes – dotando-a de uma ferramenta vital para responder às necessidades e ambições do Algarve, que, deste modo, encontra neste espaço de conhecimento e inovação uma decisiva janela de liberdade e de elevação da sua cultura e identidade, bem como força motriz do seu desenvolvimento e transformação”.

Por iniciativa do PSD, o parlamento louvou “os 40 anos da Universidade do Algarve” e fez “votos de que esta insigne instituição prossiga o seu percurso de qualificação e valorização dos recursos humanos, a bem do Algarve e de Portugal”.

Através do voto apresentado por PS, BE, PCP e PEV, que foi aprovado por unanimidade, os deputados também saudaram “a reitoria da Universidade do Algarve, atuais e ex-professores, atuais e ex-alunos pelo seu relevante trabalho na formação e no conhecimento do Algarve, dos algarvios e de Portugal”.

Também o documento apresentado pelo PS, BE, PCP e PEV assinala que esta instituição “é a única academia de saber e conhecimento aprovada, não por diploma do Governo, mas por Lei da Assembleia da República, com o apoio de todos os grupos parlamentares, razão por que a sua reitoria decidiu iniciar no parlamento as comemorações oficiais dos quarenta anos da sua existência”.

“A Universidade do Algarve foi o mais importante instrumento de transformação social da região do Algarve, formando ao longo da sua existência mais de trinta mil alunos, concedendo à região mais competências, inovação e desenvolvimento em todas as áreas do saber”, vincam os partidos, elencando que esta instituição oferece “142 cursos, do politécnico e ensino superior, com 8200 alunos atualmente inscritos, 20% dos quais estrangeiros”.

Verifique também

Eleições legislativas: Jamila Madeira encabeça lista do PS por Faro

A vice-presidente do Grupo Parlamentar e coordenadora da bancada do PS para a área da …