Pub

Foto © Samuel Mendonça

A paróquia de São Pedro de Faro voltou a realizar no passado sábado o tradicional almoço de Natal para as pessoas carenciadas que apoia durante todo o ano e outras que também estiveram presentes.

Foto © Samuel Mendonça

Foram cerca de cem os que passaram ao longo da tarde na Escola EB 2/3 Dr. Joaquim Magalhães, em Faro, para almoçar. “Muitos deles são apoiados por nós. Todos os dias vão buscar comida à paróquia”, explicou ao Folha do Domingo Mariana Piteira Santos, responsável da Pastoral Sóciocaritativa paroquial, acrescentando que os beneficiários levam para casa pão e fruta fornecida pelo Banco Alimentar (BA) Contra a Fome do Algarve e, em dois dias da semana, comida que é oferecida pelas escolas da cidade da que sobra dos seus refeitórios.

Foto © Samuel Mendonça

Aquela responsável conta ainda que ao domingo aquelas pessoas vão ao refeitório social no salão paroquial, junto à igreja, jantar uma refeição confecionada pelos próprios voluntários. Mariana Santos explica assim que o almoço natalício, que já se realiza desde o ano 2000, “não se trata de uma iniciativa prestada pontualmente no Natal”. “Nesta altura temos este almoço e um reforço dos cabazes”, acrescenta, referindo-se aos cabazes mensais de alimentos que são doados. No sábado, os que vieram almoçar receberam um extra com bacalhau, entre outros produtos.

Foto © Samuel Mendonça

A responsável da Pastoral Sóciocaritativa paroquial explicou que os beneficiários, oriundos de vários pontos da cidade de Faro e do Patacão, são sobretudo “desempregados de longa duração, pessoas com reformas muito baixas que ainda ajudam filhos e também muitos toxicodependentes e sem-abrigo”, incluindo “ucranianos e também moldavos”.

Foto © Samuel Mendonça

A comunidade de São Paulo, no Patacão, da paróquia de São Pedro também tem a funcionar na sua área de ação pastoral um serviço sóciocaritativo que complementa o trabalho feito na cidade e que possibilita a assistência a várias dezenas de famílias carenciadas do Arneiro, Braciais, Mar e Guerra, Mata Lobos e Patacão.

No sábado, a refeição, servida por cerca de 50 pessoas – incluindo 12 jovens da comunidade paroquial que também apoiam nas campanhas de alimentos do BA do Algarve e três funcionárias da escola –, foi oferecida pelos próprios membros das equipas sóciocaritativas, sendo que as sobremesas foram fornecidas pela paróquia de São Pedro.

Foto © Samuel Mendonça

O pároco, cónego Carlos César Chantre, dirigiu aos presentes uma palavra antes da refeição para os cumprimentar e evidenciar o sentido da quadra que se irá celebrar.

Pub