Pub

Pastel_nataO pastel de nata de caracol é uma das novidades da edição de 2014 do Festival Internacional do Caracol, em Castro Marim, que regressa à Colina do Revelim de Santo António, de sexta a domingo.

Ao longo dos três dias do festival, 14 tasquinhas vão confecionar perto de três mil litros de caracol preparado “à moda do Algarve” mas também com propostas de chefs franceses, espanhóis, italianos e marroquinos, explicou à agência Lusa a vereadora Filomena Sintra.

O evento, que vai na sexta edição a nível internacional, oferece ao público um “menu” onde o caracol é o ingrediente estrela mas onde não vão faltar a doçaria típica do Algarve, a animação de rua e um cartaz de espetáculo musicais.

O pastel de nata de caracol vai ser apresentado por um participante de Loures que se propõe a apresentar uma nova receita por ano, tendo no ano passado lançado a empada de caracol que este ano volta ao festival com a receita “afinada”, explicou a vereadora.

Filomena Sinta explicou ainda que foram preparadas atividades dedicadas aos mais jovens, que incluem ações de sensibilização e informação sobre o caracol e também a iniciativa “adota o teu caracol”.

“As crianças podem levar um caracol para casa”, contou a vereadora da cultura da Câmara de Castro Marim acrescentando que as crianças escolhem um caracol, dão-lhe um nome, colocam numa caixa alusiva à iniciativa e levam-no para casa.

Filomena Sintra disse que são esperados milhares de visitantes e que estão a fazer promoção para atrair visitantes espanhóis.

Aquela responsável contou que o número de visitantes espanhóis tem vindo a intensificar-se a cada edição, mas admitiu que a ideia generalizada de que o acesso ao Algarve implica pagamento de portagens não facilita a decisão dos turistas.

“Em todos os nossos materiais gráficos colocamos sempre a frase ‘num Algarve sem portagens’ mas mesmo assim é difícil” explicar que existem duas saídas não portajadas, comentou a vereadora.

Afirmar Castro Marim como destino dos melhores caracóis do Algarve e potenciar os produtos tradicionais, a cozinha e a cultura mediterrânicas é o objetivo da iniciativa.

O festival abre diariamente às 18:00 e a entrada no recinto e os espetáculos são gratuitos.

Pub