Pub

PcpO deputado Paulo Sá (PCP) questionou a ministra da Agricultura e do Mar sobre o acordo de Pescas com Espanha na zona fronteiriça do rio Guadiana, as dragagens na Ria Formosa, a necessidade de um matadouro do Algarve e ainda sobre a queda da produção de amêndoas e figos no Algarve.

Em comunicado, o PCP refere que, relativamente ao acordo de pescas, perguntou à ministra Assunção Cristas se as associações de armadores e de pescadores e sindicatos estão a ser envolvidos na renegociação do acordo que abrange a zona fronteiriça no Guadiana.

Relativamente ao matadouro regional, encerrado há vários anos, o grupo parlamentar do PCP lembrou que em abril de 2011, quando a ministra era deputada do CDS, subscreveu uma iniciativa legislativa que recomendava ao Governo a abertura urgente de um matadouro no Algarve, face aos custos insuportáveis para os produtores algarvios.

O PCP pediu também à ministra que implemente medidas de apoio à produção regional de amêndoas e figos, que está em queda no Algarve e impossibilitada de concorrer com as grandes superfícies.

O partido exigiu ainda a Assunção Cristas o avanço das dragagens na Ria Formosa, afirmando que a ministra garantiu que teriam início em 2013, o que não aconteceu.

Pub