Pub

Jerónimo de Sousa, secretário-geral do PCP
Jerónimo de Sousa, secretário-geral do PCP

O grupo parlamentar do PCP, em jornadas parlamentares no Algarve na segunda e terça-feira, vai “defender serviços públicos” e “funções sociais do Estado” para “combater a política de atraso no país”, as “desigualdades e injustiças”.

Segundo documento da bancada comunista, os deputados vão ficar ‘estacionados’ em Faro, no Museu Municipal local, com um programa de visitas que inclui ainda Portimão, Silves, São Bartolomeu de Messines, Tunes, Olhão e Vila Real de Santo António.

Os trabalhos vão começar com uma reunião com o reitor da Universidade do Algarve, pelas 10:00 de segunda-feira, seguindo-se a sessão de abertura das jornadas, com discursos do líder parlamentar, João Oliveira, e do secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa.

À tarde, estão previstas deslocações ao Hospital de Portimão e ao porto comercial daquela cidade, um encontro com a administração da REFER, em Tunes, bem como uma reunião com o executivo da Câmara Municipal de Silves e com produtores de citrinos em São Bartolomeu de Messines.

Em Faro, o presidente da Região de Turismo do Algarve, os trabalhadores do Aeroporto local e a direção da Escola Secundária João de Deus também vão ser escutados pelos parlamentares comunistas.

No Sotavento, os deputados do PCP vão fazer uma visita à Ria Formosa, encontrando-se com pescadores e mariscadores, em Olhão, e com responsáveis dos Estaleiros Navais do Guadiana, entre outros, em Vila Real de Santo António.

Terça-feira, novamente em Faro e após a reunião da bancada, os parlamentares comunistas vão apresentar as conclusões dos trabalhos, pelas 12:00.

Pub