Breves
Inicio | Opinião | PERSEGUIÇÃO E MARTÍRIO

PERSEGUIÇÃO E MARTÍRIO

Como sabemos e é um facto histórico, os cristãos, desde os primórdios do cristianismo, têm sofrido ao longo dos séculos, quase sem grandes interrupções, as maiores afrontas e sofrimentos, as mais terríveis perseguições e as mortes mais violentas…

No tempo presente, quando, à primeira vista, nos podia parecer que o ódio e a perseguição seriam coisas do passado, verifica-mos, contudo, precisamente, o contrário.

E causa-nos grande tristeza e mágoa que só uma pequena parte da comunicação social noticie e releve o que, realmente, está a acontecer em várias regiões do planeta em que os cristãos são perseguidos e mortos…

Noticia-se, em grandes parangonas, este ou aquele escândalo sobretudo se estiver envolvido algum clérigo, mas silencia-se que, em cada 5 minutos, um cristão é assassinado devido à sua fé.

Igualmente se silencia que, em cada ano, mais de cem mil cristãos são condenados ao martírio.

Pouco relevo se dá quando, em pleno século XXI, centenas de pessoas, incluindo Bispos, sacerdotes e muitos leigos, são chacinados nas mais diversas partes do mundo!…

Mas concretizemos, começando pelo Paquistão onde os cristãos são maltratados e despojados de suas terras e impedidos até de exercer qualquer trabalho em função pública e, em muitos casos, condenados à morte por ninharias julgadas blasfémias pelos radicais islâmicos.

Pois, não esqueçamos que nesse país há uma lei contra a blasfémia que serve de pretexto para cometer as maiores violências contra os cristãos…

No Egipto são frequentes os ataques de fundamentalistas islâmicas tanto, armadilhando carros que explodem em frente dos templos como, utilizando bombistas suicidas que matam e ferem dezenas e dezenas de cristãos…
O mesmo se passa no Iraque, onde a violência já levou à morte não só um grande número de cristãos como obrigou milhares deles a abençoarem o país pedindo refúgio em outros países árabes e na Europa…

É de notar que o governo iraquiano pouco ou nada faz no sentido de proteger as minorias religiosas do país. Por isso, continuamente se registam explosões de bombas junto a casas de cristãos provocando o maior pânico e matando tantas pessoas indefesas cujo crime é, precisamente, serem cristãos!…

Na Índia, o ódio e a perseguição contra os cristãos é uma realidade conhecida de todo o mundo.

A acção dos extremistas hindus é bem notória sobretudo nos Estados de Madhya Padresh, Mahareshta e Kerala. A própria polícia chega a prender cristãos sob a acusação de alegadas conversões ilícitas, pois, necessitariam da permissão das autoridades…

Na Nigéria do norte e sobretudo na Nigéria Central multiplicam-se os ataques dos radicais muçulmanos contra os cristãos que têm morrido aos milhares depois de terem sofrido as maiores privações e sofrimentos…

E que dizer da China, onde o ódio antigo que levou à morte tantos cristãos, perdura, hoje, com métodos diferentes sim, mas não menos suaves!…

Na Indonésia, grupos terroristas e fanáticos islâmicos continuam a organizar atentados mortíferos contra cristãos indefesos.

No Laos, a perseguição aos cristãos é também uma constante. Forçam-nos a sair de suas casas e das suas terras, ameaçando e prendendo os que, sem medo, optam pela lealdade à sua fé.

Na Coreia do Norte, onde não só os direitos humanos são esmagados, como também a liberdade de religião é negada, já mais de 50 mil cristãos foram detidos em campos para prisioneiros, só por causa da sua fé…

O regime ali vigente proíbe e castiga qualquer actividade religiosa que se organize…

Em síntese, podemos afirmar que os dois continentes onde a perseguição aos cristãos é mais feroz são, de facto, o grande continente Asiático e a África de predominância islâmica.

Joaquim Mendes Marques


O autor deste artigo não o escreveu ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Verifique também

Cristo inclui, não exclui!

O nosso país, pelo menos do ponto de vista histórico, sempre foi um multicultural e …