Pub

Segundo a fonte, o treinador “pôs o seu lugar à disposição do presidente”, durante uma reunião realizada na segunda-feira, na sequência da derrota com o Rio Ave (2-0), no domingo, que colocou a equipa no último lugar da classificação, a sete pontos dos lugares de manutenção.

“Face aos resultados obtidos, o técnico decidiu colocar o seu lugar à disposição”, observou a fonte.

Carlos Azenha, de 44 anos, sucedeu a Litos como treinador do Portimonense, no final de dezembro de 2010, tendo apenas alcançado um empate e somado quatro derrotas em cinco jogos disputados.

Na sua carreira como treinador principal, Carlos Azenha ainda não ganhou qualquer jogo em provas oficiais.

Azenha iniciou a sua carreira como treinador principal no Vitória de Setúbal, na época 2009/2010, de onde saiu após cumprir cinco jornadas sem ter ganho qualquer jogo.

Lusa

Pub