Pub

PortimonenseO Portimonense sofreu ontem, em Tondela, a quarta derrota na II Liga de futebol, mas manteve a liderança da prova, já que o Moreirense também “tropeçou” na receção ao Desportivo das Aves, na 17.ª jornada.

Perante o primeiro classificado, o Tondela obteve um folgado triunfo por 3-0, que o permite subir ao quinto lugar da prova, a apenas dois pontos dos lugares de acesso à I Liga.

Os golos da formação da casa foram todos marcados na segunda metade, através de Ivo Nicolau (61 minutos), na própria baliza, Deyvison (83) e Calé (90+1), numa altura em que os algarvios acusaram o facto de terem jogado com menos uma unidade, depois da expulsão de Mica, aos 55, por acumulação de amarelos.

Mesmo assim, o Portimonense continua no comando da II Liga com um ponto de vantagem sobre o Moreirense, que desaproveitou a oportunidade de ultrapassar o rival algarvio com um desaire caseiro perante o Aves, por 2-0.

Com golos de Vasco Rocha, aos 46 minutos, e de Andrew, aos 73, e perante um Moreirense reduzido a nove por expulsão de Ricardo Nascimento (33) e de Filipe Melo (71), o Desportivo das Aves subiu ao nono lugar.

Finalmente, o Penafiel, com o desaire dos dois primeiros, podia ter mesmo igualado o Portimonense no primeiro lugar, mas “imitou” os seus principais rivais com uma derrota no campo do Académico de Viseu, que entrou para esta ronda como um dos últimos classificados.

Um golo solitário de Bruno Loureiro, aos 51 minutos, deu apenas a quarta vitória da época ao Académico de Viseu, que assim subiu ao 17.º lugar.

Em Oliveira de Azeméis, o FC Porto B aproveitou para subir ao terceiro lugar da prova com um triunfo por 4-1 sobre a Oliveirense, com destaque para um “bis” de Tozé, com dois tentos de grande penalidade.

Destaque ainda para a goleada do Farense na receção ao Sporting B, por 4-1, e para o Trofense, que, com um resultado pesado sofrido no terreno do União da Madeira (4-0), tornou-se no novo “lanterna vermelha” da II Liga.

Pub