Pub

A formação comandada por Jorge Costa fez uma excelente primeira parte e ao intervalo vencia por 2-0, com tentos de Miguel Fidalgo, aos 18 minutos, e de Hugo Morais, que marcou aos 45+1, na transformação perfeita de um livre direto.
A Académica parecia lançada para o triunfo, mas, entre os 65 e os 66 minutos, sofreu dois golos de “rajada”: Renatinho igualou de livre direto, com culpas para Peiser, e Nilson, com um remate cruzado, restabeleceu a igualdade.
Com o empate, o Portimonense, que passou a totalizar oito pontos, garantiu que vai acabar a ronda acima da “linha de água”, enquanto o Paços de Ferreira manteve-se com 11 pontos, numa zona não muito tranquila da tabela.

M.N. com Lusa
Pub