Pub

O PS afirma-se “indignado” por a autarquia “ainda não ter procedido à entrega dos 40 fogos, em Monte Gordo, praticamente um ano após a sua conclusão” e quer que o executivo municipal “o faça de imediato”.

“Não se pode entender que, depois do executivo autárquico social democrata ter anunciado, em vésperas do ato eleitoral (autárquico) de outubro passado, a entrega das chaves para depois das eleições, tenham já decorrido 10 meses e tal não tenha acontecido,”, lamentou o PS.

Os socialistas sublinharam que este atraso na entrega das casas “está a obrigar 40 famílias contempladas a continuar a viver em deficientes condições”, assegurando que vão trabalhar para que “a entrega dos fogos seja imediata”.

O PS advertiu ainda a câmara para “aumentar significativamente o número de fogos a atribuir à população inscrita, tendo em conta as carências de habitação que se verificam no concelho e, em particular, em Monte Gordo”.

A Lusa contactou a Câmara Municipal de Vila Real de Santo António para obter uma resposta às críticas, mas até ao momento não obteve uma reação.

Lusa

Pub