Pub

“Em declarações recentes à rádio Guadiana, o engenheiro Miguel Freitas, líder do PS/Algarve, conhecendo a luta que os alcoutenejos vêm travando, ao longo dos tempos, pela ligação com Sanlúcar, através de uma ponte, afirmou, ipsis verbis, ‘que esse objetivo já esmoreceu’, e tentou justificá-lo com uma enorme calúnia, afirmando ‘que grande parte dos habitantes de Alcoutim já residem em Sanlúcar, e que se houvesse a ponte iriam todos”, lamentou o PSD.

Os sociais democratas, que lideram a autarquia de um dos concelhos mais empobrecidos do país, dizem não ter palavras “para definir tamanha tresloucura” e precisam que “na realidade 2 alcoutenejos residem em Sanlúcar, assim como 2 sanluquenhos residem em Alcoutim”.

“O PSD/Alcoutim exige que o PS/Algarve e o PS/Alcoutim se retratem, pois segundo afirmações textuais do engenheiro Miguel Freitas, tal informação foi fornecida pela estrutura local do PS”, acrescentaram os sociais democratas, que “continuarão na luta pela construção da ponte Alcoutim/Sanlúcar”.

Lusa

Pub