Pub

“Por motivos alheios ao Estádio Algarve e dos clubes [Newcastle Falcons e dos Sale Sharks], vimos por este meio informar que o evento ‘Algarve Rugby SuperCup’, previsto para o dia 31 de Agosto, foi cancelado”, lê-se hoje no sítio da Internet do Estádio Algarve.

Em declarações à agência Lusa, Paulo Franco, das relações públicas do Estádio Algarve, disse que um indivíduo espanhol, com cerca de 40 anos e que se apresentou com o nome de Diego Castrejón, marcou reuniões com os responsáveis do Estádio Algarve para promover o jogo de râguebi entre os ingleses do Newcastle Falcons e do Sale Sharks, duas equipas do principal escalão inglês.

A determinada altura, o promotor espanhol deixou de atender o telefone aos responsáveis dos Newcastle Falcons e dos Sale Sharks, que entretanto tinham tido promessas de viagens e alojamento pagos para os jogadores virem ao Algarve.

Os responsáveis dos Newcastle Falcons e dos Sale Sharks contactaram posteriormente o Estádio Algarve para saberem como estava a correr a promoção do evento e ao perceberem que nada estava a ser encaminhado decidiram cancelar o jogo, conta Paulo Franco.

No sítio da Internet dos Sale Sharks – http://www.salesharks.com – pode ler-se que as equipas “Sale Sharks e Newcastle Falcons abandonaram a Algarve Rugby SuperCup”, prevista para dia 31, e que a decisão foi tomada “por ambos os clubes por causa de determinadas irregularidades que surgiram”.

O presidente do clube Sale Sharks, Mike Hogan, diz que, apesar de terem tido a confirmação do Estádio Algarve para realizar o evento, os dois clubes não viram “nenhuma dessas garantias do promotor concretizadas”.

"Por essa razão, decidimos conjuntamente cancelar o jogo para proteção dos nossos jogadores e público interessado”, acrescenta Mike Hogan, asseverando que quem já tinha comprado o ingresso para o jogo no Algarve seria rapidamente reembolsado.

O presidente dos Newcastle Falcons, Dave Thompson, disse à imprensa inglesa, por seu turno, ter estado no Algarve há duas semanas, altura em que percebeu que o jogo não estava a ser anunciado em lado nenhum e que não existia venda de bilhetes, apesar de tudo estar programado com o promotor.

O jogo no Estádio Algarve estava a ser encarado com bastante entusiasmo junto dos adeptos ingleses, pois, segundo o site dos Newcastle Falcons, no primeiro dia de vendas, no mês passado, tinham sido adquiridos mais de seis mil bilhetes.

Ambas as equipas anunciaram que vão reembolsar os adeptos que entretanto tinham adquirido os pacotes com viagem e bilhete para assistirem no Algarve ao jogo de râguebi.

A Lusa contactou o Entidade Regional do Turismo do Algarve (ERTA) para saber se havia sido pedido apoio na promoção daquele evento desportivo.

O Turismo do Algarve disse que nunca lhes foi requerido qualquer tipo de apoio promocional, ou outro para o jogo de râguebi.

Lusa

Pub