Pub

Quando ainda faltam disputar três provas especiais de classificação para terminar a primeira etapa, a manhã de hoje ficou marcada por algum equilíbrio, sofrendo mesmo a mudança de líder no derradeiro troço.

Enquanto Ogier lançou um ataque na última classificativa, que lhe permitiu arrebatar a liderança, o norueguês Petter Solberg (Citroen DS) foi um dos principais animadores.

Solberg venceu a primeira especial do dia e terminou a terceira a apenas 2,3 segundos do vencedor, e só não teve um resultado melhor porque, na segunda, foi vítima de um furo, que o atrasou e poderá ter comprometido as suas aspirações de lutar pelo primeiro lugar.

Depois de um arranque mais cauteloso, o francês Sébastien Loeb (Citroen DS), apenas quarto no primeiro troço do dia, imprimiu depois um ritmo mais elevado e registou, juntamente com Ogier, o melhor tempo no segundo, sendo terceiro no derradeiro troço.

Líder após as três primeiras especiais, o finlandês Mikko Hirvonen (Ford Fiesta) não resistiu ao ataque dos Citroen no derradeiro troço da manhã e caiu para o terceiro posto, embora se encontre a apenas 3,3 segundos do líder e a 0,5 de Loeb.

A parte da tarde de hoje pode ser decisiva quanto à definição do duelo entre a Ford e a Citroen, já que apenas seis segundos separam os quatro carros das duas marcas – o finlandês Jari-Matti Latvala, companheiro de Hirvonen, é o quarto da geral, a seis segundos do líder.

A estreia de Armindo Araújo no Mini Cooper tem sido auspiciosa, com o condutor português a elogiar bastante o carro.

"Estou feliz. Não estou a puxar pelo carro e ainda procuro adquirir alguma confiança e aprender com o carro. Sei que posso andar mais, mas ainda procuro as melhores trajetórias para poder andar mais nas classificativas da tarde", afirmou Armindo Araújo, que ocupa a nona posição da geral e é o melhor português.

Logo atrás de Araújo vem Bernardo Sousa (Ford Fiesta), que fez o melhor tempo entre os lusos no derradeiro troço da manhã, o que lhe permitiu ascender ao 10.º posto e situar-se a apenas 17,7 segundos de Araújo.

"Desde que arrancámos que temos vindo a melhorar. Estou-me a sentir melhor no carro e a começar a compreender o seu funcionamento. Vou manter o ritmo e tentar melhorar", afirmou Sousa.

A primeira etapa termina ainda hoje com a segunda passagem pelos três troços disputados durante a manhã.

Lusa
Pub