Igreja do Algarve em festa pela ordenação de novo diácono rumo ao sacerdócio
Inicio | Igreja | Remodelação do presbitério da igreja de São Pedro de Faro ficou concluída o mês passado

Remodelação do presbitério da igreja de São Pedro de Faro ficou concluída o mês passado

Foto © Samuel Mendonça

O presbitério da igreja de São Pedro de Faro foi alvo de obras de remodelação no último verão e ficou totalmente concluído no princípio do mês passado.

A intervenção, cuja primeira parte ficou pronta no último mês de agosto, contemplou o avanço do altar, que foi substituído, bem como o ambão e a cadeira da presidência.

Foto © Samuel Mendonça

O projeto, desenvolvido pelas arquitetas da Câmara de Faro, incluiu o recurso a três plataformas de madeira de cerejeira sobre o pavimento existente, que foi também recolocado numa cota mais baixa. Tal como as plataformas, também o ambão e a cadeira da presidência foram elaborados em madeira de cerejeira, sendo esta complementada com lajes de alabastro e incrustações em cobre que foram aplicadas no início do mês passado.

Foto © Samuel Mendonça

O projeto, que teve acompanhamento do Secretariado da Liturgia, Música Sacra Novas Igrejas e Espaços Culturais da Diocese do Algarve, teve um custo total de 46.525 euros, sendo comparticipada pelo Estado em 50% (23.252 euros) ao abrigo do Programa Equipamentos Urbanos de Utilização Coletiva, assinado entre a Fábrica da Igreja Paroquial de São Pedro, a CCDR Algarve e a Direção Geral das Autarquias Locais.

Foto © Samuel Mendonça

A remodelação do presbitério da igreja de São Pedro ocorreu na sequência da intervenção em 2015 de substituição do sistema elétrico e de iluminação daquele templo que foi beneficiária do mesmo programa de apoio do Estado.

Foto © Samuel Mendonça

O pároco da paróquia de São Pedro de Faro explicou ao Folha do Domingo que a obra no presbitério, para além do apoio do Estado, contou com a comparticipação dos paroquianos. “As pessoas mais pobres são aquelas que têm estado a ajudar mais”, testemunhou o cónego Carlos César Chantre no passado domingo à margem da assinatura de um protocolo entre a Fundação Millennium BCP e a paróquia para restauro da tela que emoldura o altar de Nossa Senhora da Vitória.

Foto © Samuel Mendonça

O sacerdote acrescentou não ter sido possível incluir a rampa de acesso ao presbitério para pessoas com mobilidade reduzida porque o espaço não permitiu.

Verifique também

Novos órgãos sociais da Cáritas do Algarve foram nomeados e empossados para novo quadriénio (corrigida)

A Cáritas Diocesana do Algarve tem novos órgãos sociais nomeados pelo bispo do Algarve que …

Deixe uma resposta