Pub

O negócio representa uma soma de 200 mil euros para o emblema de Olhão, que fica ainda com 10 por cento do passe do internacional sub-21 português, podendo tirar mais dividendos em caso de futura transferência.

"É um negócio importante para nós, em termos económicos e desportivos, uma vez que garantimos a sua continuidade em Olhão até final da época", disse o presidente do Olhanense, Isidoro Sousa, sobre um jogador que tinha uma cláusula de rescisão de cinco milhões de euros.

Salvador Agra, 20 anos, chegou esta época ao Olhanense, a custo zero, vindo do Varzim, clube que representou desde as camadas jovens, somando 14 jogos e um golo no atual campeonato.

Por outro lado, Ivanildo deverá rescindir contrato com os algarvios nos próximos dias para ingressar no Panetolikos (Grécia), abrindo espaço para a entrada do segundo reforço de inverno, o médio angolano Jorge Araújo, 23 anos.

O jogador fez a formação no ASA e no Petro de Luanda, em Angola, e também no FC Porto, chegando a sénior no Worthing, em Inglaterra, onde também representou o Havant & Waterlooville.

Depois de uma passagem pelo Esperança de Lagos, na época passada, Jorge Araújo esteve a treinar durante muito tempo com o Olhanense, mas não chegou a assinar, ingressando mais tarde no Dacia Chisinau (Moldávia), a sua última etapa antes de assinar com os algarvios.

A direção e o técnico do Olhanense devem reunir-se esta semana para definir se mais jogadores serão dispensados, uma vez que Sérgio Conceição já se queixou de ter um plantel demasiado extenso à sua disposição.

Lusa

Pub