Inicio | Sociedade | SEF deteta oito cidadãos em situação irregular em estaleiro de obras no Algarve

SEF deteta oito cidadãos em situação irregular em estaleiro de obras no Algarve

Foto © Inácio Rosa/Lusa

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) detetou oito cidadãos estrangeiros que estavam em situação documental irregular, num estaleiro de construção civil em Lagoa, tendo notificado seis para abandonarem o território nacional, foi anunciado na sexta-feira.

“Dos 61 estrangeiros identificados, oito encontravam-se em situação irregular, tendo seis sido notificados para abandonarem voluntariamente o território nacional, e dois tinham pendentes medidas cautelares de paradeiro policial”, refere o SEF, em comunicado.

Na ação de fiscalização do SEF, que decorreu em colaboração com a Guarda Nacional Republicana num estaleiro de construção civil de obras de remodelação de uma unidade hoteleira, foram identificados 136 trabalhadores.

“Foram instaurados processos de contraordenação a quatro entidades empregadoras que ali prestam serviços, por utilização de atividade de cidadão estrangeiro em situação ilegal, cuja coima aplicável pode ir de 2.000 a 10.000 euros”, lê-se no documento.

Segundo o SEF, a operação insere-se num conjunto de medidas de combate à utilização de mão-de-obra estrangeira em situação ilegal e à prevenção do tráfico de seres humanos nos vários setores de atividade na região do Algarve.

Verifique também

Centro Paroquial de Martim Longo celebrou 30 anos com inauguração de nova valência

O Centro Paroquial de Martim Longo celebrou ontem 30 anos de ereção canónica e inaugurou …

Deixar uma resposta