Inicio | Igreja | Seminário de Faro tem cinco seminaristas novos este ano, mas quatro não são do Algarve

Seminário de Faro tem cinco seminaristas novos este ano, mas quatro não são do Algarve

Foto © Samuel Mendonça
Foto © Samuel Mendonça

Nas vésperas do início de mais um Lausperene, a cadeia de oração ininterrupta ao Santíssimo Sacramento, 24 horas por dia, que a Diocese do Algarve irá promover durante 15 dias para pedir a Deus vocações de consagração, tanto no sacerdócio como na vida religiosa ou nos institutos seculares, Folha do Domingo diz-lhe quem integra no atual ano letivo a instituição algarvia dedicada à formação dos futuros sacerdotes da Igreja algarvia e não só.

O Seminário de São José da Diocese do Algarve conta este ano com 15 seminaristas, sendo que sete se encontram no Seminário Menor, em Faro, um em pausa académica e os restantes no Seminário Maior, em Évora.

Dos sete que frequentam o Seminário Menor, cinco entraram este ano. Destes, quatro não são do Algarve, sendo oriundos da diocese vizinha de Beja e das dioceses caboverdianas de Mindelo e Santiago para frequentar o ano propedêutico (preparatório para o ingresso no Curso de Teologia, após a conclusão do 12º ano) que funciona no Algarve, desde o ano 2012/2013 em regime interdiocesano para as três dioceses do sul do país.

Assim, de Silves chegou Carlos Pedro Vieira, da Diocese de Mindelo chegou o Fabrício Fortes e da Diocese de Santiago chegaram o Ivandro Robalo e o José Amarante. Pertencente à Diocese de Beja chegou o João Nuno de Almeida, de Moura.

O grupo dos seminaristas no Seminário Menor, em Faro, completa-se com o Edgar Silva, oriundo daquela cidade, e com o Bruno Valente, oriundo do Montenegro (concelho de Faro), ambos a frequentar o 11º ano.

Também no Algarve, mas em pausa académica, está o Jorge Miguel, de Monchique e, já a frequentar o chamado estágio pastoral, estão o Fernando Rafael Rocha, de Quarteira, e o José Chula, de Monchique, respetivamente nas paróquias de Tavira e de Loulé.

Para o primeiro ano do Curso de Teologia no Seminário Maior, em Évora, seguiu o Getúlio Bica, de Ferreiras.

No segundo ano está o Samuel Camacho, de Faro, no terceiro o Fábio Pedro, de Loulé, no quarto ano o António Almeida, de Tavira, e no quinto ano o Tiago Veríssimo, de Aljezur.

A equipa formadora do Seminário de São José é constituída pelo reitor, o cónego José Pedro Martins, pelo padre Nelson Rodrigues, prefeito e ecónomo, e pelo padre Luís Gonzaga Nunes e pelo cónego Joaquim Nunes, ambos diretores espirituais.

Seminario_2015_2016

Verifique também

Paróquia das Ferreiras acolhe Oficina de Oração e Vida

A paróquia das Ferreiras está a acolher uma Oficina de Oração (TOV) e Vida desde …