Pub
Foto © Samuel Mendonça
Foto © Samuel Mendonça

Nas vésperas do início de mais um Lausperene, a cadeia de oração ininterrupta ao Santíssimo Sacramento, 24 horas por dia, que a Diocese do Algarve irá promover durante 15 dias para pedir a Deus vocações de consagração, tanto no sacerdócio como na vida religiosa ou nos institutos seculares, Folha do Domingo diz-lhe quem integra no atual ano letivo a instituição algarvia dedicada à formação dos futuros sacerdotes da Igreja algarvia e não só.

O Seminário de São José da Diocese do Algarve conta este ano com 15 seminaristas, sendo que sete se encontram no Seminário Menor, em Faro, um em pausa académica e os restantes no Seminário Maior, em Évora.

Dos sete que frequentam o Seminário Menor, cinco entraram este ano. Destes, quatro não são do Algarve, sendo oriundos da diocese vizinha de Beja e das dioceses caboverdianas de Mindelo e Santiago para frequentar o ano propedêutico (preparatório para o ingresso no Curso de Teologia, após a conclusão do 12º ano) que funciona no Algarve, desde o ano 2012/2013 em regime interdiocesano para as três dioceses do sul do país.

Assim, de Silves chegou Carlos Pedro Vieira, da Diocese de Mindelo chegou o Fabrício Fortes e da Diocese de Santiago chegaram o Ivandro Robalo e o José Amarante. Pertencente à Diocese de Beja chegou o João Nuno de Almeida, de Moura.

O grupo dos seminaristas no Seminário Menor, em Faro, completa-se com o Edgar Silva, oriundo daquela cidade, e com o Bruno Valente, oriundo do Montenegro (concelho de Faro), ambos a frequentar o 11º ano.

Também no Algarve, mas em pausa académica, está o Jorge Miguel, de Monchique e, já a frequentar o chamado estágio pastoral, estão o Fernando Rafael Rocha, de Quarteira, e o José Chula, de Monchique, respetivamente nas paróquias de Tavira e de Loulé.

Para o primeiro ano do Curso de Teologia no Seminário Maior, em Évora, seguiu o Getúlio Bica, de Ferreiras.

No segundo ano está o Samuel Camacho, de Faro, no terceiro o Fábio Pedro, de Loulé, no quarto ano o António Almeida, de Tavira, e no quinto ano o Tiago Veríssimo, de Aljezur.

A equipa formadora do Seminário de São José é constituída pelo reitor, o cónego José Pedro Martins, pelo padre Nelson Rodrigues, prefeito e ecónomo, e pelo padre Luís Gonzaga Nunes e pelo cónego Joaquim Nunes, ambos diretores espirituais.

Seminario_2015_2016

Pub