Pub

Portugal esteve bem melhor no primeiro tempo, alcançando o intervalo com dois golos de vantagem (3-1), graças a um “bis” de de Wilson Eduardo e um golo de Rui Fonte.

A primeira parte pertenceu por completo a Portugal, que assumiu o comando do jogo e do marcador, remetendo a Alemanha para o seu meio campo, sem soluções para ameaçar a formação de Rui Jorge.

A equipa lusa chegou à vantagem com um “chapéu” de Wilson Eduardo (03), que, quatro minutos depois bisou. Dois lances quase idênticos, com o avançado luso a isolar-se, aproveitando as assistências de André Martins, um dos melhores em campo.

Numa altura de domínio luso, a seleção germânica conseguiu reduzir o marcador, golo que surgiu na sequência de um pontapé de canto, com Jan Kirchhoff a fazer valer a sua elevada estatura e a bater o guarda-redes Anthony Lopes.

Contudo, Rui Fonte, com um desvio de cabeça voltou a colocar em dois golos a vantagem portuguesa.

No segundo tempo, as substituições tiraram “brilho” ao jogo da seleção de Portugal, que apenas por uma vez ameaçou a baliza germânica, equipa que comandou e criou várias oportunidades para virar o marcador a seu favor.

O golo que “selou” a vitória lusa surgiu no período de descontos concedidos pelo árbitro Duarte Gomes e foi apontado por Abel Camara, de fora da área, com um remate forte e colocado que fez a bola entrar no ângulo superior esquerdo da baliza de Oliver Baumann.

A poucos segundos do final do encontro, a Alemanha reduziu a diferença, através de um remate à entra da área de Sebastinan Rudy, fixando o resultado em 4-2.

Jogo no Estádio Municipal de Portimão.

Portugal – Alemanha, 4-2.

Ao intervalo: 3-1.

Marcadores:

1-0, Wilson, 03 minutos.

2-0, Wilson, 07.

2-1, Jan Kirchhoff, 14.

3-1, Rui Fonte, 43.

4-1, Abel, 90+1.

4-2, Sebastian Rudy, 90+2.

Equipas:

– Portugal: Anthony Lopes, Dani, Vítor Bastos, João Pereira, Ruben, Amado, André Almeida, André Martins, Rui Fonte, Josué e Wilson. Jogaram ainda Ricardo Martins, Abel, Diogo Viana, João Silva, Edu e Sousa.

(Suplentes: Cristiano Figueiredo, Edu, Pedro Mendes, Ricardo Alves, Luís Gonçalves, Sousa, Ricardo Martins, Diogo Rosado, Diogo Viana, João Silva e Abel).

– Alemanha: Oliver Baumann, Tony Jantschke, Konstantin Rausch, Lasse Sobiech, Jan Kirchhoff, Marc Hornschuh, Peniel Mlapa, Sebastian Rudy, Michel Lasogga, Lewis Holtby e Richard Sukuta. Jogaram ainda Kevin Trapp, Alexander Esswein, Patrick Herrmann, Matthias Ostrzolek, Daniel Didavi, Patrick Funk, Fanol Perdedaj e Christopher Schindler).

(Suplentes: Kevin Trapp, Daniel Didavi, Alexander Esswein, Patrick Funk, Patrick Herrmann, Matthias Ostrzolek, Fanol Perdedaj e Christopher Schindler).

Árbitro: Duarte Gomes (Portugal).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Lasse Sobiech (66), Sebastian Rudy (66) e Abel (76).

Assistência: cerca de 2.500 espetadores.

Pub