Pub

AlgemadoO homem suspeito de matar ontem a sogra e de ferir gravemente a mulher com disparos de caçadeira, em Faro, entregou-se hoje no Comando Distrital da PSP de Castelo Branco, disse à agência Lusa fonte policial.

A PSP de Castelo Branco limitou-se a confirmar que o homem, que estava a ser procurado desde o início da noite de ontem, se entregou hoje na esquadra de Castelo branco, sem dar mais pormenores.

Após o alerta de um vizinho do prédio onde ocorreu o episódio, que viu o homem sair do prédio com uma arma e fugir de carro, as autoridades depararam-se com uma pessoa morta e uma outra ferida, tendo lançado um alerta nacional para deter o foragido.

Escondido no prédio da rua Serpa Pinto, o suspeito terá aguardado a chegada a casa das duas gémeas de nove anos, filhas da mulher e suas enteadas, que frequentavam a catequese no edifício ao lado, para forçar a entrada na habitação.

A vítima mortal, com 70 anos, terá tentado proteger a filha e foi atingida, enquanto a mulher do suspeito, também com cerca de 30 anos, foi levada para o Hospital de Faro, disse à Lusa fonte do comando de Faro da PSP.

O acontecimento terá ocorrido por volta das 19.45h, coincidindo com a saída da catequese da paróquia de São Pedro de Faro, estando na rua vários pais, crianças e catequistas.

A mulher que ficou ferida encontra-se a ser assistida no Serviço de Observação das Urgências do Hospital de Faro mas em situação estável, disse hoje à Lusa fonte do Hospital de Faro.

Elementos da Polícia Judiciária vão deslocar-se até à esquadra da PSP onde o suspeito se entregou esta manhã para iniciar uma investigação sobre o caso, explicou fonte da PSP.

com Lusa

Pub