Pub

O treinador Vítor Oliveira disse hoje que o Portimonense vai defrontar o FC Porto, na sexta-feira, no jogo da quarta eliminatória da Taça de Portugal de futebol, “sem medo” e com o objetivo de passar à fase seguinte.

“Vai ser um jogo tremendamente difícil, mas sabemos das nossas possibilidades. Vamos apostar na surpresa, sabendo que as surpresas acontecem nos jogos da Taça”, disse o treinador dos algarvios.

Na antevisão à partida de sexta-feira, Vítor Oliveira assegurou que a equipa “está muito confiante, embora reconhecendo as potencialidades do adversário”, uma equipa que apenas sofreu quatro golos no seu reduto.

“Vamos tentar dentro da estratégia que definimos, fazer o melhor possível, nomeadamente impor o nosso jogo e não sofrer golos”, frisou o técnico, recordando que o Portimonense “foi a única equipa que conseguiu até agora marcar dois golos no Estádio do Dragão, coisa que mais nenhuma outra equipa conseguiu fazer”.

Vítor Oliveira reconheceu que vencer o FC Porto “não é uma tarefa fácil, embora nos jogos da Taça, as surpresas possam acontecer, porque as equipas mais fortes também têm dias menos bons”.

“Haverá um dia em que o FC Porto estará menos bem e vamos esperar que seja neste jogo”, sublinhou.

Para o técnico dos algarvios, no jogo contra “a melhor equipa do futebol português é importante que o Portimonense jogue sem medo, embora sabendo que do outro lado está um adversário fortíssimo e muito confiante”.

O Portimonense, 11.º classificado do campeonato da I Liga, com 12 pontos, e o líder FC Porto, com 31, defrontam-se pelas 20:30 de sexta-feira, no Estádio do Dragão, no Porto, em partida da quarta eliminatória da Taça de Portugal, que será dirigida pelo árbitro Artur Soares Dias, da Associação de Futebol do Porto.

Pub