Breves
Inicio | Desporto | Taça Portugal – Oliveirense bate Olhanense e garante meias-finais

Taça Portugal – Oliveirense bate Olhanense e garante meias-finais

Em jogo disputado no Estádio Marcolino de Castro, em Santa Maria da Feira, o Olhanense ainda esteve na frente, com um tento de Cauê, aos 11 minutos, mas a equipa de Pedro Miguel reagiu e deu a volta ainda antes do intervalo, com golos de Clemente, aos 25, e de Rui Lima, no segundo minuto de descontos.

A Oliveirense entrou mais determinada no jogo, imprimindo velocidade no meio-campo, mas seria o Olhanense a chegar à vantagem, precisamente no primeiro remate à baliza.

Aos 11 minutos, na sequência de um livre marcado na direita, Wilson Eduardo cruzou a bola para o coração da área, Cauê saltou sem oposição e cabeceou com precisão para o golo e sem hipóteses para o guarda-redes Bruno.

O empate da Oliveirense surgiria pouco tempo depois, num período em que criava perigo em lances de bola parada. Aos 25 minutos, na transformação de um pontapé de canto, Oliveira fez um cruzamento ao primeiro poste, onde apareceu Clemente a antecipar-se a Bruno Veríssimo e a cabecear para o 1-1.

Em cima do intervalo, aos 45 minutos, o guarda-redes da Oliveirense evitou o golo dos forasteiros, após cabeceamento de Wilson Eduardo à entrada da área, tendo a Oliveirense respondido e se colocado pela primeira vez em vantagem no marcador volvidos dois minutos.

Novamente na sequência de um pontapé de canto, Rui Lima aproveitou um mau alívio da defesa do Olhanense e, livre de marcação, rematou sem oposição para o 2-1.

Na segunda parte o Olhanense exerceu pressão sobre a Oliveirense, mas os locais estiveram concentrados e tentaram apostar no contra-ataque, mas sem efeito.

A perder, Dauto Faquirá apostou tudo no ataque com as entradas de Mateus e Djalmir, mas foi a Oliveirense quem esteve mais perto do golo. Aos 69 minutos, Clemente cabeceou à entrada da pequena área para uma boa defesa de Bruno Veríssimo.

Jogo no Estádio Marcolino de Castro, em Santa Maria da Feira.

Oliveirense – Olhanense: 2-1.

Ao intervalo: 2-1.

Marcadores:

0-1, Cauê, 11.

1-1, Clemente, 25.

2-1, Rui Lima, 45+2.

Equipas:

– Oliveirense: Bruno, Chico Silva, Nuno Lopes, Clemente (Guima, 89), Ivan Santos (Barge, 67), Oliveira (Bruno Sousa, 45+3), Zé Pedro, Laranjeira, Rui Lima, Adriano e Banjai.

(Suplentes: Bruno Vale, Vítor, Pedrinho, Guima, Bruno Sousa, Sassá e Barge).

– Olhanense: Bruno Veríssimo, Regula (Mateus, 66), Maurício (Djalmir, 66), Vítor Vinha, Figueroa (Mexer, 46), Wilson Eduardo, Cauê, Salvador Agra, André Pinto, Fernando e Yontcha.

(Suplentes: Ventura, Mateus, Toy, Ivanildo, Djalmir, Vítor Meza e Mexer)

Árbitro: Duarte Gomes (Lisboa).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Maurício (21), Clemente (49), Bruno (89), Banjai (90) e Bruno Sousa (90+5).

Assistência: cerca de 500 espetadores.

Lusa

Verifique também

Porto, a estagiar no Algarve, venceu Fulham em Albufeira

Mais de 3.000 pessoas deslocaram-se ontem ao Estádio Municipal de Albufeira para assistirem ao jogo …