Pub

“O processo está, finalmente, concluído, tendo sido acertada a renovação do contrato com Daúto Faquirá por mais uma época”, disse Isidoro Sousa, que se reuniu hoje com o treinador para acertar os últimos detalhes.

Segundo o dirigente, foi preciso “ultrapassar alguns pormenores e resolver certas situações para se poder arrancar para a nova época com toda a força e a confiança necessária para se desenvolver um bom trabalho”.

Com Daúto Faquirá, vai também prosseguir em Olhão toda a equipa técnica que há um ano acompanhou o treinador: o adjunto Nuno Presume, o observador Gil Henriques e o técnico de guarda-redes Diamantino Figueiredo.

O presidente do clube algarvio acrescentou que o objetivo para a temporada 2011/12 passará por “garantir a permanência, melhorando o 11.º lugar conseguido na Liga de futebol”.

Em relação ao orçamento, deverá sofrer “uma redução acentuada, na ordem dos 20 por cento”, revelou Isidoro Sousa, situando-se nos 1,4 milhões de euros.

A equipa algarvia arranca para a nova temporada no dia 4 de julho, com a apresentação e testes médicos, estando já delineado um estágio de pelo menos uma semana numa unidade turística do concelho.

O Olhanense já garantiu três reforços, todos a custo zero: o guarda-redes brasileiro Fabiano Freitas (ex-América de Natal, Brasil) e os defesas portugueses Henrique (ex-Feirense, Liga de Honra) e Vítor Vinha (ex-Desportivo das Aves, Liga de Honra).

Lusa

Pub